Tratamento do Lixo Marinho

Tratamento do Lixo Marinho

[Fonte: IPMA]

Tratamento do Lixo Marinho

CEiiA2019-03-11 (IPMA)

O lixo marinho surge como um dos maiores problemas ambientais da atualidade, produzindo efeitos negativos nos ecossistemas marinhos e na economia das regiões costeiras. É constituído por materiais produzidos, transformados e utilizados pelo Homem, sendo deliberada ou acidentalmente descartados ou perdidos no ambiente aquático (e.g., mar, rios ou praias). Segundo algumas estimativas, cerca de 80 por cento do lixo marinho tem origem em atividades em terra. Embora se reconheça este risco ambiental, o seu impacto nos ecossistemas é ainda pouco conhecido. Os objetivos do projeto GIDLAM, promovido pelo IPMA, passam pela criação de uma plataforma de gestão de dados, que inclua o processamento e disponibilização dos dados de lixo marinho recolhidos na costa portuguesa para apoiar implementação da Diretiva Quadro Estratégia Marinha (DQEM-D10). O CEIIA é responsável pelo desenvolvimento do sistema de gestão de dados.

Imagens associadas

  • IPMA
    IPMA

Siga-nos no:

Comente este artigo

O artigo Tratamento do Lixo Marinho foi publicado originalmente em IPMA

Veja a previsão do tempo e oportunidade para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta 

Anterior Concorrência precisa-se - Manuel Chaveiro Soares
Próximo Pedro Marques “agradece” ao PSD estar a valorizar o debate das propostas do PS

Artigos relacionados

Dossiers

Las cotizaciones de las almendras se disparan de nuevo al alza

[Fonte: Agropopular – Cotações]

Esta semana Mercamurcia registró subidas en los precios de las almendras casi generalizadas, salvo las repeticiones en Largueta y Comuna ecológica.
Lo más significativo ha sido el importante aumento anotado de 13 céntimos en la Marcona, […]

Dossiers

Oferta de Emprego – Engenheiro Agrónomo (M/F) – Odemira

A empresa MIRABUSINESS, com sede em Odemira e atividade na área da consultoria agronómica pretende integrar um Engenheiro Agrónomo.

Dossiers

La Comisión regulará mediante Directiva las prácticas comerciales desleales

[Fonte: Fepex]
La Comisión Europea dio a conocer, ayer, su propuesta de Directiva al Parlamento Europeo y el Consejo sobre prácticas comerciales desleales en la cadena alimentaria con el objetivo de establecer un estándar mínimo de protección frente a estas prácticas en el conjunto de la Unión. […]