Traça que destrói batata está às portas de Portugal

Traça que destrói batata está às portas de Portugal

[Fonte: ffl revista]

Chama-se traça da Guatemala, faz sérios estragos nas plantações de batata e está apenas a 60 quilómetros de Portugal.

A notícia foi avançada pelo Jornal de Notícias, dando conta que esta praga já se espalhou de forma imparável pela Galiza e que o último foco do insecto foi identificado no município de Ourense, apenas a 60 quilómetros do Minho.

As autoridades galegas têm-se mostrado incapazes de controlar o insecto, que facilmente percorre longas distâncias, graças a carregamentos daquele tubérculo e até da própria semente.

Os tratamentos de extermínio têm-se revelado ineficazes e já foram destruídas mais de 400 toneladas de batatas.

Notícias relacionadas




Comente este artigo

O artigo Traça que destrói batata está às portas de Portugal foi publicado originalmente em ffl revista

Anterior Frutos vermelhos e vinho tinto podem prevenir doenças mentais
Próximo Cartografía de predios

Artigos relacionados

Nacional

Estado impedido de vender terrenos florestais sem dono

[Fonte: Jornal De Negócios]

Os prédios rústicos ou predominantemente rústicos  de utilização florestal que não tenham dono conhecido são registados a favor do Estado, mas este não os poderá alienar. Esta é uma das regras que o PS quer introduzir na proposta de lei que está […]

Nacional

Vinhos do Tejo em destaque na Wine Enthusiast com 90 pontos e selo de Best Buy

[Fonte: Agricultura e Mar]

A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo anuncia o mais recente reconhecimento atribuído aos Vinhos do Tejo por parte da revista norte-americana Wine Enthusiast. Numa lista de apenas sete vinhos de Portugal e Espanha, distinguiu os tintos ‘Eminente Reserva 2015’ […]

Últimas

Prémio ADVID tem inscrições abertas até 31 de Julho

[Fonte: Agricultura e Mar]

A ADVID – Associação Desenvolvimento da Viticultura Duriense lançou nova edição do Prémio ADVID, agora para os trabalhos publicados em 2017, em áreas científicas com relevante importância para a vitivinicultura da Região Demarcada do Douro.
A ADVID instituiu, desde 2007, […]