Total vai investir 100 milhões de dólares por ano em projetos de reflorestação

Total vai investir 100 milhões de dólares por ano em projetos de reflorestação

[Fonte: O Jornal Económico]

A energética francesa Total vai investir largas dezenas de milhões de euros em projetos ambientais. Segundo a AFP (Agence France Press), o CEO da empresa, Patrick Pouyanne anunciou um investimento de 100 milhões de euros (cerca de 89 milhões de euros à taxa de câmbio atual) por ano num projeto de preservação florestal e reflorestação.

Durante um conferência em Aix-en-Provence, no sul de França, o CEO da Total revelou que a empresa quer “criar um departamento para investir em projetos que preservem as florestas”.

Patrick Poyanne disse que “isto não é filantropia”. Corresponde antes a uma estratégia de “investimento no médio e longo prazos”. “É um projeto para as florestas e tem de ser temporalmente prolongado para ser positivo para o planeta”, reforçou.

Além disso, o CEO da energética francesa explicou que investir na reflorestação consiste na forma mais eficaz de descarbonizar a atmosfera.

“A forma mais eficaz atualmente para eliminar o carbono, por menos de dez dólares (cerca de nove euros) por tonelada, é a reflorestação”, disse.

Um estudo publicado esta quinta-feira na revista “Science” e realizado pela ETH Zurique, uma universidade suíça, revelou que uma campanha de reflorestação em larga escala poderia ajudar no combate às alterações climáticas, uma vez que poderia capturar dois-terços das emissões de dióxido de carbono e reduzir os níveis de CO2 na atmosfera para os valores mais baixos em cem anos.

O estudo concluiu que o planeta Terra consegue suportar 900 milhões de hectares com árvores que conseguiriam sequestrar 205 mil milhões de toneladas de carbono.

Comente este artigo

O artigo Total vai investir 100 milhões de dólares por ano em projetos de reflorestação foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Anterior Deputados franceses dizem que acordo UE-Mercosul é “erro económico e horror ecológico”
Próximo Atenção: Estamos em período crítico de incêndios. As queimadas estão proibidas

Artigos relacionados

Últimas

Conferência anual da Ação COST EuroXanth – 13 e 15 de Dezembro 2017- Coimbra

O Instituto Pedro Nunes, através do FitoLab – Laboratório de Fitossanidade, recebe a primeira conferência anual da Ação COST “Integrating science on Xanthomonadaceae for integrated plant disease management in Europe” focada nas bactérias fitopatogénicas Xanthomonas sp. […]

Nacional

Encontro do Douro com as “Terras do Demo”, um projeto de Turismo Cultural em Moimenta da Beira e Armamar

[Fonte: Gazeta Rural]

A Orquestra Clássica do Centro, de Coimbra, com o apoio das Câmaras Municipais de Moimenta da Beira e Armamar, […]

Nacional

A “Iniciativa Liberal” e o ambiente: e se usarmos mais o cérebro A?

[Fonte: Público]

No passado dia 15, Carlos Guimarães Pinto, que se apresenta como economista e presidente do partido Iniciativa Liberal (IL), […]