Seguro de colheitas tem novas regras e passa a incluir as plantas aromáticas

[Fonte: Agricultura e Mar]

Alteração O regulamento do seguro de colheitas e da compensação de sinistralidade sofreu alterações. As culturas de citrinos do Algarve e de cereja de vários concelhos e da pêra rocha do Oeste passam a ter um tratamento autónomo. E a produção de plantas aromáticas e medicinais passa a beneficiar do sistema de seguros agrícolas.

Segundo a Portaria n.º 132/2017 de 10 de Abril de 2017, a “permanente adaptação à realidade é um dos desafios do sector segurador, introduzindo o dinamismo indispensável à satisfação de novas necessidades, o que pode ser alcançado através da criação de seguros especiais para os quais já exista procura. Efectivamente, a produção de citrinos no Algarve, de cereja nalguns concelhos da Cova da Beira, do Ribadouro e de Trás-os-Montes e da pêra rocha no Oeste justificam, pelas suas especificidades e pela sua expressão na produção nacional, um tratamento autónomo relativamente ao seguro horizontal, sendo de admitir estes produtos na categoria dos seguros especiais e respondendo, desta forma às necessidades dos agricultores”.

Por outro lado, o diploma explica que o interesse manifestado pelo sector agrícola na produção de plantas aromáticas e medicinais, culturas até à data não abrangidas pelo SIPAC – Sistema Integrado de Protecção contra as Aleatoriedades Climáticas, justifica a sua inclusão no seguro de colheita horizontal, passando aquelas culturas a beneficiar do sistema de seguros agrícolas.

Tabelas para cálculo do capital seguro

O diploma recomenda ainda a utilização do preço dos produtos agrícolas constante da tabela de referência elaborada pelo Gabinete de Planeamento, Políticas e Administração Geral (GPP), não só como indicador para efeito do cálculo do capital seguro, mas também como padrão para aferir variações de preços declarados. Caso estas correspondam a valores iguais ou superiores a 20% do preço de referência, cabe ao tomador de seguros ou segurado comprovar o preço declarado.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

Aceito a Política de Proteção de Dados e dou o respetivo Consentimento para a recolha e tratamento de dados pessoais.

O artigo Seguro de colheitas tem novas regras e passa a incluir as plantas aromáticas foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Andalucía se lo deja claro a los regantes de Doñana: “No vamos a andar ni un milímetro fuera de ley”
Próximo Hacer las cosas bien: el mensaje dirigido a la macrogranja de Noviercas

Artigos relacionados

Últimas

Marl oferece 50% de desconto no aluguer de espaços da incubadora Loures Inova

[Fonte: Agricultura e Mar]

O  MARL — Mercado Abastecedor da Região de Lisboa vai oferecer condições especiais de instalação aos projectos e empresas resultantes dos programas de aceleração promovidos pelo Loures Inova, um centro de negócios dedicado a startups das áreas agro-alimentar, logística e transportes e de que o próprio MARL é […]

Nacional

FPAS leva debate sobre suinicultura e ambiente ao auditório do INIAV

[Fonte: Agricultura e Mar]

A FPAS —  Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores está a organizar o Seminário “Suinicultura e Ambiente”. O encontro terá lugar no próximo dia 28 de Fevereiro, no Auditório do INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, […]

Nacional

GNR apreende 5 mil litros de bebidas alcoólicas em Vila Real

[Fonte: Agricultura e Mar]

A Unidade de Acção Fiscal, através do Destacamento de Acção Fiscal do Porto, apreendeu mais de 5 mil litros de bebidas alcoólicas produzidas e comercializadas ilicitamente, no dia 6 de Abril, no distrito de Vila Real.
IABA
Informa a Guarda Nacional Republicana (GNR) que, […]