Sababa investe 16 M€ na produção de cannabis em Campo Maior e cria 50 empregos

[Fonte: Agricultura e Mar]

O projecto de produção de cannabis, para fins medicinais, da farmacêutica Sababa, empresa de capitais canadianos e israelitas, foi apresentado hoje, 30 de Abril, em Campo Maior.

A empresa prevê um investimento de 16 milhões de euros e criar, numa primeira fase, 50 postos de trabalho. O projecto vai arrancar numa área de quatro hectares.

O secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, destacou que o investimento que vai surgir em Campo Maior, no distrito de Portalegre, através da empresa Sababa, é “um privilégio” e um “sinal” para a valorização dos territórios do interior.

Cannabis aprovada em 2018

Recorde-se que a utilização de medicamentos, preparações e substâncias à base de cannabis foi aprovada pelo parlamento em 15 de Junho de 2018, na sequência da apresentação de projectos de lei do Bloco de Esquerda e do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN).

Após a apresentação da empresa, que projecta instalar uma produção de cannabis para fins medicinais e uma unidade fabril para a produção de medicamentos em Campo Maior, o secretário de Estado afirmou que “mais do que a produção o que interessa realmente ao País é a industrialização e a investigação que se pode fazer à volta desta nova cultura”.

Investigação com Fundação Champalimaud

“É um grupo com uma dimensão internacional e que tem já uma linha de investigação a nível internacional e que, juntando-se aos nossos centros de investigação, aos nossos institutos politécnicos, à Fundação Champalimaud, mostra-nos como é que nós podemos aqui ter uma nova linha de investigação e produção de conhecimento”, sublinhou o governante.

Trabalho conjunto com a autarquia

No decorrer dos últimos meses o Município de Campo Maior, juntamente com a Sababa Sciences INC., tem vindo a trabalhar no sentido da implementação da indústria de cannabis para fins medicinais no concelho, num projecto que prevê a instalação de equipamentos para o cultivo, processamento, extracção, fabrico e investigação nesta área.

A Sababa Sciences Inc. é uma empresa de cannabis canadiana com vasta experiência operacional na indústria de cannabis para fins estritamente medicinais e científicos em Israel, que se centra nas necessidades medicinais dos seus pacientes tendo por base a evidência.

Agricultura biológica

Campo Maior foi seleccionado após uma análise minuciosa a nível de clima, condições fundamentais para o cultivo biológico de carácter medicinal proporcionando colheitas consistentemente controladas, tornando a actividade em Portugal como estratégica para o desenvolvimento global da Sababa Scinces Inc.

As áreas a desenvolver em Campo Maior abrangem o cultivo de cannabis medicinal, o fabrico do medicamento a partir da planta de cannabis, como também a criação de um centro de extracção de óleo, pesquisa e desenvolvimento da planta de cannabis assegurando o desenvolvimento dos avanços científicos e medicinais, colocando Portugal na vanguarda da inovação a nível mundial nesta área de medicina através do desenvolvimento de ensaios clínicos que irão decorrer em vários centros de diversos países.

O cannabis e os canabinóides têm uma longa e comprovada história de investigação medicinal e possuem uma vasta gama de aplicações medicinais, com benefícios comprovados em pacientes diagnosticados com epilepsia, dores crónicas, esclerose múltipla, doença de Parkinson, fibromialgia, doença de autismo, entre outros.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Sababa investe 16 M€ na produção de cannabis em Campo Maior e cria 50 empregos foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior 6.ª Acção de Demonstração do Grupo Operacional CompetitiveSouthBerries dedicada à framboesa
Próximo Todas las CCAA, excepto tres, amplían el plazo de presentación de las ayudas de la PAC 2019

Artigos relacionados

Últimas

Transfer2agro: Desidratação – uma forma de acrescentar valor aos produtos hortofrutícolas

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Publirreportagem
O projeto Transfer2agro é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal2020 e pela União Europeia através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Procura promover uma eficaz e eficiente transferência do conhecimento científico e tecnológico para as PME. […]

Nacional

CDS afirma falta de água de rega na Ponta do Sol

[Fonte: O Jornal Económico]

O deputado municipal do CDS na Ponta do Sol, João Aníbal Garanito, afirma haver “escassez de água de rega, não só no município, como na Região Autónoma na sua totalidade”.
João Aníbal é um empresário agrícola deste concelho e diz que para fazer face à […]

Nacional

Câmara de Braga já destruiu 110 ninhos definitivos de vespa velutina em 2019

[Fonte: Vida Rural]

O município de Braga tem registado um aumento no número de ninhos de vespa velutina, também conhecida por vespa asiática, e confirma que só este ano, entre janeiro e julho, já destruiu 110 ninhos definitivos. […]