Revestimentos comestíveis, à base de compostos de origem natural

Revestimentos comestíveis, à base de compostos de origem natural

[Fonte: Voz do Campo]

O Instituto Politécnico de Leiria desenvolveu um projeto que permite aplicação de revestimentos comestíveis, desenvolvidos à base de compostos de origem natural, nomeadamente algas, que permitem o aumento da durabilidade de produtos minimamente processados.

Este projeto é de certeza um passo importante o desenvolvimento de soluções praticas para as empresas de alimentos minimamente processados que têm que lidar com a problemática da oxidação dos produtos alimentares que se desenvolve naturalmente após o processamento.

Catarina Quina Ribeiro, Auditor interno, Formador e Consultor em Sistemas de Qualidade e Segurança Alimentar

Comente este artigo

O artigo Revestimentos comestíveis, à base de compostos de origem natural foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Centenas de técnicos e organizações no Encontro Nacional da Confagri
Próximo Candidaturas ao Pedido único de 2019

Artigos relacionados

Nacional

ZF Aftermarket – a trabalhar hoje nos serviços de tecnologia agrícola do amanhã

[Fonte: Voz do Campo]

Na principal feira comercial de máquinas agrícolas do mundo que está a decorrer em Hanover, […]

Nacional

Acha que enoturismo é apenas prova de vinho?

[Fonte: Gazeta Rural]

O Soalheiro propõe-lhe uma experiência cultural que pode ser vivenciada em família e entre amigos… […]

Nacional

Portugal tem um novo instrumento financeiro para apoiar agricultores

[Fonte: O Jornal Económico]

Portugal dispõe de um novo instrumento financeiro para apoiar o investimento nas explorações agrícolas e na transformação e comercialização de produtos, […]