Respostas Rápidas: Para que servem os aviões que vão custar ao Governo 827 milhões de euros?

Respostas Rápidas: Para que servem os aviões que vão custar ao Governo 827 milhões de euros?

Para que servem os cinco KC-390?

Estes aviões vão servir para transportar pessoal e mercadorias, mas também para operações de busca e salvamento, reabastecimento em voo ou combate a incêndios florestais. Os cinco aviões vão substituir a frota de Hercules C-130, que contam com 40 anos de idade e já estão no seu limite de idade.

Quando chegam os aviões a Portugal?

De acordo com o Ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, os aviões começam a chegar a partir de fevereiro de 2023, a um ritmo de um por ano até 2027.

O que está incluído nos 827 milhões de euros gastos pelo Governo?

O valor da aquisição dos KC-390 já inclui o simulador de voo, necessário para os pilotos se habituarem a pilotar esta aeronave, e também os contratos de manutenção durante 12 anos.

Como justifica o Governo a compra destes aviões?

O ministro da Defesa elogiou as “características inovadoras” do avião da Embraer com um “alcance intercontinental”. Os novos aviões respondem às “necessidades permanentes do país”.

Quais as características dos KC-390?

Apesar de ter apenas dois motores, este modelo atinge performances semelhantes à de aviões semelhantes com quatro motores.

O artigo foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Comente este artigo
Anterior III Colóquio Hortofrutícola Faceco a 19 de Julho
Próximo Rio Guadiana navegável entre Alentejo e Algarve. Projeto vai custar seis milhões

Artigos relacionados

Sugeridas

“A única coisa estranha é o ministro usar incendiários como desculpa para fugir da responsabilidade”

[Fonte: SIC Notícias] Críticas à atuação do Governo na questão dos incêndios.

Em entrevista à SIC Notícias, o arquiteto paisagista Henrique Pereira dos Santos acusa António Costa de manter uma política para as florestas com mais de 14 anos e o ministro da Administração Interna de usar incendiários como desculpa. […]

Nacional

Estudo de viabilidade do ‘Projeto Tejo’ vai avançar

Um ano depois da sua apresentação pública, o ‘Projeto Tejo – Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Tejo e Oeste’ vai começar a ser estudado pelo Executivo que quer avaliar a sua viabilidade técnica e financeira, […]

Últimas

Seis pilares do novo Acordo Verde, o “momento homem na Lua da Europa”

Pacto apresentado pela presidente da Comissão Europeia propõe novas metas de redução de emissões rumo à neutralidade carbónica, fundos para ajudar as empresas na fase de transição e novos impostos aos setores marítimo e da aviação. […]