Regras fitossanitárias aplicáveis às trocas com a Grã-Bretanha

Regras fitossanitárias aplicáveis às trocas com a Grã-Bretanha

Continuando a incrementar o conjunto de informações disponibilizadas relativamente aos requisitos fitossanitários aplicáveis ao movimento de vegetais, produtos vegetais e outros objetos entre a UE e a Grã-Bretanha, a DGAV prossegue hoje, com uma publicação dedicada em particular às Plantas para plantação, a divulgação de documentos sectoriais onde se detalham, para diversos grupos de produtos, as regras fitossanitárias, incluindo diversas proibições de importação na UE, resultantes do Brexit.

A breve trecho será publicado mais um documento deste conjunto, desta feita dedicado ao movimento de “Frutos” entre o nosso país e a Grã-Bretanha.

Comente este artigo
Anterior Floresta precisa de múltiplas intervenções com muita sabedoria e consoante a Região - Repetição, pelo Governo, de eventuais ajudas púbicas pode não passar de propaganda…
Próximo “A floresta sem gestão vai arder”

Artigos relacionados

Nacional

Criados 50 postos de trabalho, em Campo Maior, para projecto de produção de cannabis

[Fonte: O Digital] Recentemente, o Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, esteve em Campo Maior, […]

Últimas

IFAP: apicultores devem fazer declaração anual de existências até 30 de Setembro

O IFAP — Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas relembra que os apicultores devem proceder à declaração anual de existências de 1 a 30 de Setembro de 2019. […]

Notícias apoios

Covilhã pede ajuda para cenário de “calamidade” na agricultura provocado pelo mau tempo

A Câmara da Covilhã disse hoje querer que o Governo aprove apoios diretos para os agricultores, depois do mau tempo de domingo, que provocou […]