Produto de origem natural para controlo das infestantes Katoun Gold, uma alternativa ao glifosato para espaços verdes.

Produto de origem natural para controlo das infestantes Katoun Gold, uma alternativa ao glifosato para espaços verdes.

KATOUN GOLD um herbicida de origem natural, uma alternativa ao uso do glifosato, para a gestão do coberto vegetal nas áreas urbanas e vias de comunicação, está disponível no mercado nacional. O produto de origem BELCHIM CROP PROTECTION, foi apresentado no passado dia 20 de Fevereiro em Idanha a Nova, por ocasião do evento de adesão do Município à rede de Bio-cidades.

Idanha-a-Nova, foi o primeiro município português a integrar a Rede Internacional Bio Regiões, cujo objetivo passa pela implantação de uma estratégia de desenvolvimento sustentado no território. O produto é comercializado em Portugal pela FITOSISTEMA. KATOUN GOLD é um produto à base de acído pelargónico, substância natural extraída das plantas, e comum na natureza. Possuí com uma formulação inovadora , e actua por contacto, assegurando uma eficácia sobre as infestantes mais problemáticas, a par do respeito pelo Homem e Meio Ambiente.

Segundo Laurent Dartouh responsável Europeu do segmento Non Crop: ” A gestão das infestantes deve ser sempre ponderada, tendo em conta o local e a biodiversidade, e deverá ser feita com o menor impacto para o Homem e meio Ambiente” salientando : “O KATOUN GOLD é um instrumento inovador para a gestão do coberto vegetal nas áreas urbanas e vias de comunicação, que vai permitir de uma forma eficaz e segura controlar as infestantes nos locais onde é necessário”. É um produto que não tem persistência no solo, degradando-se muito rápidamente, sem classificação toxicológica ou ecotoxicológica. É um produto referência em França e noutros países, onde faz parte das soluções utilizadas para Bio-controlo e agricultura biológica.

Fácil e seguro de aplicar , sem os riscos de ruído, vibração e segurança para o operador que alguns meios mecânicos e térmicos podem ter. Tem um efeito duplo já que controla infestantes e o musgo.

 

 

Comente este artigo
Anterior Jaime Gómez-Arnau é o novo chairman da sapec agro business
Próximo XVI Encontro de agricultores - 28 de Fevereiro 2018 - Pinheiro Grande

Artigos relacionados

Nacional

ADVID leva Seminário Instrumentos de Adição de Valor para o Sector Vitivinícola à FNA 2019

[Fonte: Agricultura e Mar]
A ADVID — Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense, a ViniPortugal e o Instituto da Vinha e do Vinho, juntamente com a PORVID — Associação Portuguesa para a Diversidade da Videira levam o Seminário Instrumentos de Adição de Valor para o Sector Vitivinícola à FNA 2019 — Feira Nacional de Agricultura, […]

Nacional

Previsões agrícolas do INE: Produção forrageira inferior ao normal em Maio de 2019

[Fonte: Agricultura e Mar]

Previsões agrícolas do INE, Maio 2029
As condições meteorológicas ocorridas ao longo do mês de Maio contribuíram para a rápida perda de humidade das pastagens e forragens, com a consequente diminuição de biomassa e valor nutritivo.
Segundo as previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), […]

Últimas

Famílias angolanas afetadas pela seca vão receber formação agrícola

[Fonte: Vida Rural]

Cerca de 70 mil famílias de agricultores da província angolana de Cuando Cubango, afetadas pela seca, vão receber formação técnica para aprenderem a desenvolver uma agricultura sustentável. De acordo com o Jornal de Angola, a notícia foi avançada pelo secretário de Estado para a Ação Social, […]