Produção mundial de amêndoa bate novo recorde a crescer 6%

Produção mundial de amêndoa bate novo recorde a crescer 6%

[Fonte: Agricultura e Mar]

A produção mundial de amêndoa cresceu na campanha 2016/2017 cerca de 6% alcançando um recorde de 1,3 milhões de toneladas, revela o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos — USDA Foreign Agricultural Service.

O consumo deste “superalimento” está muito ligado à elaboração de doces, mas a sua utilização tem vindo a crescer como aperitivo e ingrediente de barras de cereais e snacks na União Europeia, China e Índia.

Aquele organismo norte-americano afirma que o total produzido permitirá abastecer o mercado, cuja procura esperada é de 1,2 milhões de toneladas, mais 4% que na campanha passada. As existências em armazém deverão rondar as 233.000 toneladas.

Amêndoa da Califórnia em queda

Mas, o USDA reduz as suas previsões para os Estados Unidos, onde a produção de amêndoa está concentrada, principalmente na Califórnia. Espera uma colheita de de 1,21 milhões de toneladas, devido a rendimentos mais fracos na floração provocados por factores meteorológicos.

A produção de amêndoa na União Europeia situou-se nas 103.000 toneladas, 13% mais que na campanha anterior, graças ao impulso da colheita em Espanha, já que em Itália o volume permaneceu em valores semelhantes aos do ano passado.

O USDA espera que os envios de amêndoa californiana para a União Europeia – Espanha é o principal importador — cresçam 3% e superem as 300.000 toneladas, graças à demanda da indústria europeia dedicada à fabricação de ingredientes alimentares, aperitivos ou barritas de snacks e confeitaria.

A Austrália, o terceiro produtor mundial, deverá produzir 90.000 toneladas, mais 10% que na campanha anterior.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

O artigo Produção mundial de amêndoa bate novo recorde a crescer 6% foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Combater a Resistência Antimicrobiana com o FMI
Próximo Cadastro simplificado já tem 80 pedidos para geo-referenciação de 2.948 terrenos

Artigos relacionados

Nacional

Geota diz que novas barragens no Tâmega têm “muito betão, pouca produção”

[Fonte: Agricultura e Mar]
O Geota – Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente opõe-se à construção das três novas barragens da Iberdrola nos rios Tâmega e Torno e contesta os números da produção eléctrica apresentados pela eléctrica espanhola
Foi apresentado, […]

Nacional

A velhinha cortiça saltou das garrafas para o espaço

[Fonte: Dinheiro Vivo – empresas]
Do chão de casa e dos campos de futebol, à rolha da garrafa de vinho, aos telemóveis ou até ao isolamento de naves espaciais da NASA, a velhinha cortiça está a mostrar que é cada vez mais um produto versátil e inovador, […]

Nacional

Engenharia também se aplica ao milho

[Fonte: Voz do Campo]
O Grupo ISQ vai participar no desenvolvimento do QUALIMILHO, um projeto que visa implementar estratégias inovadoras de integração sustentáveis que garantam a qualidade e a segurança na cadeia de valor do milho e seus derivados. A vantagem é reduzir de forma eficiente as contaminações com micotoxinas, […]