Produção de azeitona para azeite recua 30% em Portugal

Produção de azeitona para azeite recua 30% em Portugal

[Fonte: Jornal De Negócios]

A produção de azeitona para a transformação em azeite “deverá rondar as 491 mil toneladas” na campanha terminada em 2016, anunciou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE). Tal representa uma descida de 30% face às 702 mil toneladas de azeitona para azeite obtidas na campanha terminada em 2015.

“As previsões agrícolas, em 31 de Janeiro, apontam para uma redução significativa da produção de azeitona para azeite (menos 30% face a 2015), reflexo das condições adversas e da alternância anual da produção dos olivais tradicionais”, explica o gabinete de estatística nacional, na nota publicada esta sexta-feira. O “azeite obtido”, salienta contudo o INE, “é, regra geral, de boa qualidade”.

A produção de azeitona para azeite em Portugal tem tido – como noutros países produtores – uma variação elevada nas últimas cinco campanhas segundo os dados divulgados pelo INE: recuou 18,19% em 2012, cresceu 51,6% em 2013, voltou a cair 30,9% em 2014 e aumentou 60,27% em 2015 – o melhor ano da série desde 2011.

O INE explica que, a campanha, que arranca no último trimestre de cada ano, “iniciou-se com uma abundante floração”, mas que “sob condições metereológicas muito adversas (Primavera bastante chuvosa)” a frutificação acabou por ser muito menor do que o expectável.

“Este aspecto, conjugado com a normal alternância produtiva da variedade Galega, predominante nos olivais tradicionais de sequeiro (que ainda representam uma componente muito significativa da estrutura do olival nacional, contribuiu para a redução de produção de azeitona para azeite” no país.

O mau tempo tem vindo a penalizar toda a área mediterrânea de produção de azeite, com os três maiores transformadores – Espanha, Itália e Tunísia a registarem a pressão sobre os preços. Em Itália, o preço pago à produção – que é o mais elevado dos três países – disparou 70% em Janeiro.

Comente este artigo

O artigo Produção de azeitona para azeite recua 30% em Portugal foi publicado originalmente em Jornal De Negócios

Anterior Farm lobby pushes for EU support for bird flu epidemic
Próximo Xunta e InLac acuerdan fomentar el consumo de leche y lácteos dentro de una alimentación saludable

Artigos relacionados

Últimas

Pampilhosa e Góis indignados com exclusão do fundo de revitalização


Autarcas de Góis e Pampilhosa da Serra manifestaram, nesta quinta-feira, indignação pelo facto de os seus concelhos não estarem abrangidos pelo fundo de apoio à revitalização das áreas afetadas pelos incêndios, aprovado em Conselho de Ministros.
“Não consigo perceber esta decisão que exclui dois concelhos onde arderam mais de 20 mil hectares de área florestal”, […]

Nacional

Inscrição no Catálogo Nacional de variedades de duas variedades portuguesas de arroz

[Fonte: INIAV/ANSEME]
“Após mais de duas décadas e meia, em que os orizicultores portugueses apenas tiveram à sua disposição para semear variedades estrangeiras, foram recentemente inscritas no Catálogo Nacional de Variedades duas variedades portuguesas de arroz, uma variedade de arroz carolino designada CERES e uma variedade de arroz agulha designada MAÇARICO.” […]

Últimas

Barragem do Lapão obriga Estado a devolver 2,4 milhões

[Fonte: Público]

“Por não ter conseguido reunir as condições para atingir os fins a que se destinava, uma vez que a barragem [do Lapão] não reúne até hoje condições para entrar em exploração”, o Estado vai ter de acertar contas. Consigo próprio, […]