Presidente da ViniPortugal acredita que vinho vai ter mais peso na vinda de turistas para Portugal

Presidente da ViniPortugal acredita que vinho vai ter mais peso na vinda de turistas para Portugal

[Fonte: Jornal económico]

O presidente da ViniPortugal, Jorge Monteiro, acredita que, a curto prazo, o sector do vonho ainda virá a ter um peso maior na decisão dos turistas estrangeiros em visitar Portugal.

Só que, para isso, o líder da associação interprofissional para a promoção internacional dos vinhos de Portugal defende, em declarações ao Jornal Económico, que o País deve apostar numa oferta de enoturismo estruturada, com dimensão, com profissionalismo e bem comunicada. Ainda há um caminho a percorrer, portanto.

Segundo Jorge Monteiro, “o vinho português tem vindo a afirmar-se cada vez mais como um produto de excelência, de qualidade superior, projetando Portugal como um país de referência a nível internacional na produção vinícola”.

“O bom momento vivido pelos vinhos portugueses ajuda a reforçar e a valorizar a imagem do nosso país externamente. Acreditamos que, mesmo não sendo o factor primordial para a escolha do destino para férias, o vinho acaba por complementar de forma muito significativa a experiência dos visitantes, graças à invulgar capacidade de harmonização gastronómica proporcionada”, defende o presidente da ViniPortugal.

Este responsável acredita que “a estratégia de promoção externa dos vinhos portugueses desenvolvida pela ViniPortugal dá também um contributo para a afirmação turística de Portugal”.

“Esta percepção é medida, por exemplo, pela subida do fluxo turístico nas Salas de Provas Vinhos de Portugal, promovidas pela ViniPortugal em Lisboa e no Porto, assim como pelo número de pedidos de informação que recebemos de turistas estrangeiros interessados em saber onde comprar vinhos portugueses nos países de origem”, revela Jorge Monteiro.

O presidente da ViniPortugal está confiante que, “dentro de alguns anos o vinho poderá ter um peso maior na tomada de decisão de quem pretende visitar Portugal”.

“Para esse cenário se tornar uma realidade, será essencial apostar numa oferta enoturística devidamente estruturada, com dimensão, profissionalismo e bem comunicada”, alerta Jorge Monteiro.

Recorde-se que a ViniPortugal é a associação interprofissional para a promoção internacional dos Vinhos de Portugal, tendo como missão promover a imagem de Portugal enquanto produtor de vinhos por excelência, valorizando a marca “Vinhos de Portugal/Wines of Portugal” e contribuindo para um crescimento sustentado do volume e do preço médio dos vinhos portugueses.

São associados-fundadores da ViniPortugal oito associações profissionais: ACIBEV, ANCEVE e AND (representação do comércio), CAP, FENADEGAS, FENAVI e FEVIPOR (em representação da produção) e ANDOVI (representação de regiões demarcadas).

Em 2017, a ViniPortugal está a comemorar 20 anos de existência.

Comente este artigo

O artigo Presidente da ViniPortugal acredita que vinho vai ter mais peso na vinda de turistas para Portugal foi publicado originalmente em Jornal económico

Anterior Une jeune spectatrice en "arrêt cardio-respiratoire" lors d'une manifestation taurine
Próximo Agrozapp leva novidades para o sector agrícola ao Web Summit 2017

Artigos relacionados

Últimas

Wine Fest Lisboa 2017 de volta a 22 de Abril

[Fonte: Agricultura e Mar]
O evento vínico Wine Fest 2017 Lisboa regressa no dia 22 de Abril, no Salão Nobre do Hotel Ritz Four Seasons, em Lisboa. O evento, organizado pelo Wine Club Portugal, que em 2016 recebeu quase 500 pessoas, “promete este ano ser ainda mais tentador, […]

Últimas

Lançado concurso para florestação de 61 hectares na Bacia Hidrográfica das Furnas

O anúncio de abertura de um concurso público para a florestação de 61 hectares em terreno integrado na área de intervenção do Plano de Ordenamento da Bacia Hidrográfica das Furnas foi publicado no Diário da República.
Este projeto de florestação insere-se num conjunto vastos de ações que visa a melhoria da qualidade da água da Lagoa das Furnas e promove a substituição de terrenos de pastagem, […]

Nacional

Alvarinho entre os melhores espumantes do mundo

[Fonte: Voz do Campo]
O ex-libris da sub-região Monção Melgaço, o Alvarinho, volta a ser reconhecido a nível internacional: desta foi na lista dos 50 Great Sparkling Wines of the World, na 6ª edição anual da Competição de Vinhos Espumantes, da Wine Pleasures. […]