Portugal Fresh leva 37 empresas e organizações à Fruit Logistica

Portugal Fresh leva 37 empresas e organizações à Fruit Logistica

[Fonte: Voz do Campo]

A Portugal Fresh – Associação para a Promoção das Frutas, Legumes e Flores de Portugal vai marcar presença pelo 9.º ano consecutivo na Fruit Logistica, a maior feira do mundo dedicada às frutas e legumes, que começa já amanhã (6 de fevereiro) e decorre até sexta, em Berlim. Num stand de 495 metros quadrados, 37 empresas e organizações portuguesas vão servir de montra à melhor produção nacional, perante os 78 mil visitantes previstos, oriundos de 130 países.

Esta participação acontece num momento histórico para o setor, que, de acordo com a Portugal Fresh, ” está perto de atingir 3.000 milhões de euros de volume de negócios, com as exportações a valerem 50% deste valor”. “As nossas previsões apontam para termos atingido os 1500 milhões de euros em exportações em 2018, pela primeira vez”, revela o presidente da Portugal Fresh, Gonçalo Santos Andrade, referindo-se aos dados até agora disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística. As exportações de frutas, legumes e flores alcançaram 1.372 milhões de euros, entre janeiro e novembro do ano passado, subindo 1% face a igual período do ano anterior. “Este crescimento é prova da grande competência e persistência das empresas nacionais face às inúmeras adversidades registadas durante o difícil ano agrícola de 2018. Conseguir o feito de chegar aos 1.500 milhões de euros nesta altura é algo que nos enche de orgulho”, acrescenta o responsável.
Em sintonia, as vendas para a Alemanha valeram 89,4 milhões de euros nos primeiros 11 meses de 2018 – mais 1,3% que no período homólogo de 2017. Um crescimento sustentado desde 2015 e fruto das parcerias estabelecidas com parceiros neste mercado, incluído o grupo retalhista LIDL, que permitiram às frutas e legumes nacionais estarem presentes nos supermercados alemães. A maior economia europeia, com 83 milhões de habitantes, já é o quinto comprador de frutas e legumes portugueses.
A presença da Portugal Fresh naquele que é considerado o ‘campeonato do mundo’ das frutas e legumes, onde contará com visita do Ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, servirá para estreitar laços não só com o mercado alemão e com os parceiros mais regulares, mas também com compradores de geografias cada vez mais relevantes nas compras mundiais do sector, como China, Índia e Indonésia. “Estarão presentes compradores dos cinco continentes. Os nossos parceiros mais tradicionais, como Espanha, França, Reino Unido, Holanda, Alemanha e Brasil, também vão investir muito tempo no nosso stand, degustando produtos e reunindo com as empresas exportadoras”, afirma Gonçalo Santos Andrade.
Espanha, França, Reino Unido, Holanda e Alemanha perfazem o Top5 dos maiores mercados das exportações nacionais. Juntos, estes cinco mercados representam 67% do total das exportações do sector.

Comente este artigo

O artigo Portugal Fresh leva 37 empresas e organizações à Fruit Logistica foi publicado originalmente em Voz do Campo

Anterior L'extermination des Amérindiens aurait provoqué un refroidissement planétaire
Próximo ¿Qué sanción conlleva cometer un error en la solicitud de la ayuda a la agricultura ecológica?

Artigos relacionados

Últimas

Novo centro de investigação para a agricultura de precisão em Vila Real

[Fonte: Público]

O novo centro, especialmente voltado para as áreas do vinho e da vinha, vai ficar instalado no Regia-Douro Park, em Vila Real.

Em parceria com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) o centro alemão Fraunhofer vai inaugurar um novo centro de investigação na área da agricultura de precisão e gestão da água. […]

Dossiers

Tribunal de Contas Europeu quer política agrícola a complementar coesão e ambiente

O Tribunal de Contas Europeu (TCE) quer que os objetivos da futura Política Agrícola Comum (PAC) complementem o desenvolvimento de outras vertentes comunitárias, como a coesão e o ambiente.
Num relatório divulgado esta segunda-feira sobre a proposta da Comissão Europeia para a PAC pós-2020, o TCE sugere que “os objetivos da PAC devem ser consistentes com os de outras políticas (incluindo as de coesão, […]

Dossiers

​Queimadas só com GNR, bombeiros ou sapadores “de alerta”

[Fonte: Rádio Renascença]
Está previsto algum tipo de ajuda para os proprietários que tenham dificuldades em proceder à limpeza dos terrenos?
Há linhas de crédito abertas pelo Governo para apoiar quer proprietários quer municípios. Há outra questão, que é o que queremos fazer relativamente às causas das ocorrências. […]