O ano de 2018 da Agrogarante

O ano de 2018 da Agrogarante

[Fonte: Voz do Campo]

O ano de 2018 foi um ano de elevada dinâmica para a Agrogarante.
A Sociedade de Garantia Mútua, que tem como vocação o apoio a empresas e empresários do setor primário, na obtenção de financiamento em melhores condições de preço e prazo, teve um ano deveras ativo, com a participação em diversas Feiras do setor, com o patrocínio a eventos, alguns dos quais em que tomou parte ativa e ainda com a realização dos habituais Fóruns “Conversas de Agricultura”, que levam o debate sobre temas pertinentes do setor a vários pontos do país.

Participação em Feiras

Entre as Feiras em que participou destacam-se a Frutitec, na Exposalão da Batalha, a Agro em Braga, a Ovibeja, em Beja, a Feira Nacional da Floresta, em Pombal, a Feira Nacional de Agricultura, em Santarém, a Feira Agrícola dos Açores, na Ilha Terceira, a Agroglobal, em Valada do Ribatejo, na qual Carlos Oliveira, Administrador da Agrogarante, participou no seminário “Investimento no Setor – Uma Análise Crítica”, abordando o tema “Financiamento Bancário e Garantia Mútua” e, por último, a Tecfresh, em Santarém.

Eventos

Em 2018 deu-se a reedição do evento “Criar Valor na Mudança”, cuja 1ª edição ocorreu em 2016, que consiste num ciclo de seminários, nos quais a Agrogarante apresenta as suas soluções para empresas e empresários. Para além deste ciclo de conferências, a Agrogarante patrocinou alguns eventos e programas, como o “VIII Simpósio Nacional de Olivicultura”, que decorreu em Santarém, no CNEMA e o programa que visa valorizar produtos e serviços nacionais, “Portugal Sou Eu”.

Fóruns “Conversas de Agricultura”

No decorrer de 2018 a Agrogarante colocou em debate, através das “Conversas de Agricultura” que tiveram lugar de norte a sul de Portugal, o tema “Sustentabilidade e Valor Acrescentado”, realizando os seus Fóruns em Beja, Santarém, Vila Real, Ponta Delgada e Faro, numa iniciativa que será uma aposta reforçada para 2019.

Para ler na íntegra na Voz do Campo n.º 222 (janeiro 2019)

Comente este artigo

O artigo O ano de 2018 da Agrogarante foi publicado originalmente em Voz do Campo

Anterior A importância das raças autóctones em Portugal
Próximo Congresso. Portugal e Espanha concertam posições no milho

About author

Artigos relacionados

Últimas

Prisão preventiva para jovem suspeito de incendiar floresta em Barcelos

Barcelos, Braga, 09 ago (Lusa) – O Tribunal de Barcelos aplicou hoje prisão preventiva a um jovem de 19 anos detido pela GNR por suspeita de ter ateado um incêndio florestal em Barqueiros, Barcelos, informou fonte daquela força.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_4 span,#wpdevar_comment_4 iframe{width:100% !important;} […]

Nacional

UE anuncia novas zonas de risco elevado de Peste Suína Africana

[Fonte: Vida Rural]

Lituânia, Hungria, Polónia e Bulgária vão ter novas zonas demarcadas de risco elevado de Peste Suína Africana. A decisão é da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), que revela que o risco de propagação da peste suína africana na fauna selvagem está […]

Últimas

Ministros da Agricultura e Ambiente desvalorizam polémica sobre redução de bovinos

[Fonte: Gazeta Rural]

Os ministros da Agricultura e do Ambiente desvalorizaram no parlamento a proposta de redução do gado bovino para combater as alterações climáticas, que PSD, CDS-PP e PCP consideram inaceitável e um ataque à agricultura.
Em dezembro de 2018 o ministro do Ambiente e da Transição Energética, […]