Madeira com 90% de ocupação hoteleira no fim de semana forte da Festa da Flor

Madeira com 90% de ocupação hoteleira no fim de semana forte da Festa da Flor

[Fonte: O Jornal Económico]

A taxa de ocupação hoteleira na Madeira nos dias mais procurados da Festa da Flor (4 e 5 de maio) é de 90% revelou hoje a secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço.

A governante apresentou hoje o programa da Festa da Flor da Madeira 2019, que decorre entre 2 e 26 de maio, subordinado ao tema “600 Anos na Rota da Flor”, numa alusão às comemorações que decorrem até ao final do ano dos 600 anos do descobrimento da Madeira e do Porto Santo.

A taxa de ocupação para as duas primeiras semanas da Festa da Flor é, contudo, de 84%, a mesma registada em 2018.

“A taxa de ocupação hoteleira global ronda os 84%, o mesmo valor do ano passado”, disse a responsável pelo turismo regional, acrescentando, no entanto, que os dados que tem “para o primeiro fim de semana [4 e 5 de maio] rondam os 90%, superior à média, o que prova que o Cortejo da Flor continua a ser o grande elemento de atração deste cartaz turístico”.

Confrontada se o acidente do Caniço com um autocarro de turistas alemães teve alguma influência no fluxo turístico, Paula Cabaço respondeu que não.

“Para já, não temos conhecimento que tenha tido alguma influência, o próprio hotel, na altura, disse-nos que tinha mantido as marcações registadas e o próprio operador continua com reservas e não tinha qualquer cancelamento”, disse.

“Acidentes, infelizmente, acontecem em todos os destinos do mundo e estamos convencidos que este infeliz incidente não irá afetar o destino Madeira”, observou.

A Festa da Flor 2019 representa este ano um investimento de 6oo mil euros do Governo Regional e terá a colaboração de 5 mil pessoas, mais mil do que em 2018.

O cortejo rumo ao Muro da Esperança, no Largo do Município, que se realiza a 4 de maio, terá a participação de mil e 300 crianças que, no final do desfile, depositarão uma flor na sebe num gesto simbólico de esperança num mundo melhor.

O Grande Cortejo da Flor acontece no dia seguinte, 5 de maio, com a participação de 14 trupes (mais três do que em 2018) e mil e 966 figurantes.

Os tapetes florais, o mercado das flores e dos sabores, a animação na Placa Central com concertos e atuação de grupos de folclore, a 43.ª edição da Mostra da Flor, as exposições de bordados e tapeçarias, o atelier para crianças, a IV Marcha/Corrida da Solidariedade para a inclusão e o Madeira Classic Car Revival são outras atrações da Festa da Flor Madeira/2019.

Comente este artigo

O artigo Madeira com 90% de ocupação hoteleira no fim de semana forte da Festa da Flor foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Anterior Cabazes biológicos para apoiar pessoas com deficiência
Próximo Cláudia Monteiro de Aguiar quer manter apoios da UE para a agricultura

Artigos relacionados

Últimas

Plataforma para ajudar a reflorestar oceanos vai testar métodos na costa portuguesa

[Fonte: O Jornal Económico]
Uma plataforma constituída por biólogos e empresários estão a criar em Portugal uma plataforma para promover a “reflorestação” […]

Nacional

Frutitec. COTHN realiza dois seminários com conteúdo relevante para a hortofrutícola nacional

[Fonte: Voz do Campo]

Inseridos na programação da Frutitec (22 a 24 de março),  o COTHN vai levar a cabo dois seminários no dia 22 de março, […]

Nacional

Portugal 2020 convida CIMAA a apresentar candidatura para estudos e relatórios prévios da Barragem do Pisão

[Fonte: Rádio Campanário] Foi publicado no Portugal2020 um Convite específico do Programa Operacional de Assistência Técnica 2020 à Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) para apresentação de candidatura para elaboração dos estudos e relatório prévios necessários à concretização do empreendimento de fins múltiplos Barragem do Pisão. […]