João Galamba: “Especialistas da Finlândia vão fazer levantamento da biomassa existente”

João Galamba: “Especialistas da Finlândia vão fazer levantamento da biomassa existente”

[Fonte: O Jornal Económico]

João Galamba explica como é que o Governo vai promover novas fontes de energia renováveis florestais. Em entrevista ao Jornal Económico, o secretário de Estado da Energia detalha como será a estratégia do Estado para fomentar os projetos da biomassa; como serão desenvolvidas as energias renováveis nos próximos anos; e como será feita a “reconversão” das centrais termoelétricas a carvão.

O Governo efetuou alterações legislativas relacionadas com a utilização da biomassa no sector da energia. De que forma é que o Estado pretende agilizar o setor da biomassa?

A nossa grande preocupação foi desenvolver uma visão integrada do sector das florestas e abordar a questão da valorização energética da biomassa florestal, que não esgota a valorização energética da biomassa – nem inclui a biomassa de resíduos de suiniculturas, ou de explorações agrícolas de outra natureza. Aqui, só estamos a falar da biomassa florestal. O nosso objetivo foi reafirmar a importância da valorização energética desta biomassa, garantindo que essa valorização acautela dois princípios: primeiro, a sustentabilidade da gestão da floresta e dos usos alternativos da biomassa, porque vamos privilegiar projetos que consigam demonstrar de forma cabal e objetiva circuitos de recolha e transporte de biomassa de base local, sustentáveis. Esse é o primeiro princípio que queremos afirmar.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Anterior Agora já pode consultar projetos do PT2020 no telemóvel. IAPMEI tem uma nova app
Próximo FENAREG propõe medidas de mitigação dos efeitos seca na agricultura

Artigos relacionados

Nacional

Bombeiro ferido no combate a incêndio que começou num camião na A3 em Famalicão

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga, o bombeiro foi conduzido ao Hospital de Famalicão.
Um camião que seguia na A3 no sentido Porto-Braga, […]

Últimas
Nacional

Alfaces crescem em prateleiras, sem terra e apenas em água. Japão cria “fábricas de vegetais”

É um edifício comum numa área industrial entre Kyoto e Osaka, no oeste do Japão. Nada, externamente, sugere que nas instalações da empresa Spread cresçam cerca de 11 milhões de alfaces por ano — […]