IPMA vai instalar rede de detores de trovada na Madeira

[Fonte: Jornal económico]

O responsável regional do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou hoje que vai instalar uma rede de detetores de trovoada na Região Autónoma da Madeira. O responsável Victor Prior adianta que, apesar de o projecto ainda não ter sido aprovado, a rede de detetores deverá estar operacional no ano de 2018.

“O projeto ainda não foi aprovado, mas tudo indica que daqui por um ano a Madeira terá uma rede de detores de trovoada como já existe no continente e nas Canárias”, disse o responsável à Lusa durante uma conferência do IPMA, em conjunto com o Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira, sobre análise de riscos de incêndio, relatam os meios de comunicação social.

“O equipamento é da responsabilidade do IPMA, mas com uma grande ajuda das entidades regionais”, acrescentou o responsável da delegação da Madeira do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que reforçou ainda que o referido projeto prevê a instalação de detetores nos concelhos de Santana e Porto Moniz, um na ilha do Porto Santo e outro nas Selvagens.

A Região Autónoma da Madeira tem o maior conjunto de estações meteorológicas do país (no total são 19), considerando a pequena dimensão do arquipélago. Atualmente está em fase de “construção e instalação” um novo radar meteorológico em Porto Santo, realçou Victor Prior, previsto entrar em funcionamento em outubro.

“É uma rede otimizada e bastante densa, que cobre detalhadamente a Madeira”, esclareceu Victor Prior, que fez questão de salientar que em julho entrará em funcionamento mais uma estação meteorológica na área de interface entre a floresta e a zona urbana, na freguesia do Monte, no Funchal.

“A estação do Monte ficará localizada aos 500 metros de altitude, para darmos melhor resposta [em termos de previsão], tanto ao nível do risco de incêndio, como da precipitação”, disse.

O Plano Operacional de Combate a Incêndios Florestais – POCIF 2017 foi accionado pelo Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira no passado 15 de junho, colocando no terreno 132 elementos de prevenção e vigilância 24 horas por dia.

O Plano Operacional de Combate em Incêndios Florestais vigora até 15 de outubro.

Comente este artigo

O artigo IPMA vai instalar rede de detores de trovada na Madeira foi publicado originalmente em Jornal económico

Anterior Países mediterrânicos unem-se para gestão sustentável da água e sistemas agrícolas
Próximo CNA reclama “medidas excecionais” para “situação excecional” em Pedrógão Grande

Artigos relacionados

Nacional

Castas de Portugal: Malvasia Rei

[Fonte: Vida Rural]
Casta ibérica
Sinónimos Reconhecidos: Palomino Fino (Jerez de la Frontera – Espanha).
Sinónimos Históricos: Seminário e Olho de Lebre.
A actual utilização para plantações desta casta é inferior a 0,1%.
Informação Viticert
Morfologia
Extremidade do ramo jovem: Aberta, […]

Nacional

Governo lança nova linha de 1.600 milhões para capitalizar empresas

[Fonte: ECO]
O Governo prevê lançar, em fevereiro, uma nova linha de crédito capitalizar, operacionalizada através da PME Investimentos. Em causa está novamente uma dotação de 1.600 milhões de euros, mas os custos da linha vão mudar. As empresas mais arriscadas vão ter custos mais elevados. […]

Últimas

Cerealto adquire duas fábricas em Espanha

[Fonte: Jornal económico]
A Cerealto adquiriu duas fábricas de pão de forma e de bolos em Espanha, nas localidades espanholas de Antequera (Málaga) e Briviesca (Burgos).
Esta operação segue-se à recente aquisição de uma fábrica de bolachas em Mem Martins, em Portugal, […]