Interesses agrícolas de Portugal face ao Brexit estão salvaguardados

Interesses agrícolas de Portugal face ao Brexit estão salvaguardados

[Fonte: Observador]

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, garantiu esta segunda-feira, em Bruxelas, que os interesses de Portugal no setor estão “salvaguardados” face ao Brexit, sendo excedentário em 300 milhões de euros o saldo da balança comercial com o Reino Unido.

“Os interesses portugueses estão neste momento salvaguardados. Nós temos uma balança comercial de produtos agrícolas e agroalimentares largamente positiva com o Reino Unido, com um excedente comercial da ordem dos 300 milhões de euros, que queremos manter e desejavelmente aumentar”, disse Luís Capoulas Santos aos jornalistas.

O ministro, que esta segunda-feira participou numa reunião com os seus homólogos da União Europeia (UE), salientou que o acordo que os 27 estão prontos para fechar com Londres garante a manutenção das regras atualmente em vigor até 2020. “Haverá depois que regulamentar o pós-2020 e temos que estar muito atentos”, disse.

O projeto de acordo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia “está em condições de ser aprovado pelos chefes de Estado e de Governo” dos 27 na cimeira do próximo domingo, disse esta segunda-feira em Bruxelas o ministro dos Negócios Estrangeiros.

No final de um Conselho de Assuntos Gerais dedicado ao Brexit, Augusto Santos Silva indicou que, após análise do compromisso alcançado entre Bruxelas e Londres, “o Conselho endossou o acordo de saída, o que significa que os chefes de Estado e de Governo no Conselho Europeu extraordinário do próximo domingo podem aprová-lo, e assim a UE dará todos os sinais necessários para a validação desta negociação”. O Reino Unido abandona a UE no próximo dia 29 de março.

Comente este artigo

O artigo Interesses agrícolas de Portugal face ao Brexit estão salvaguardados foi publicado originalmente em Observador

Anterior Un mini aguinaldo antes de tiempo: El FEGA informa del cambio del porcentaje de ajuste de los pagos directos 2018
Próximo Presidente da República da Guiné-Bissau promulga o Regulamento Geral da Lei da Terra

Artigos relacionados

Nacional

Sociedade ambiental desafia açorianos a plantarem espécies nativas

[Fonte: Açoriano Oriental]

Voluntários vão ser desafiados no próximo sábado a integrar uma ação de plantação de espécies nativas na mata dos Bichos, no concelho da Povoação, numa ação pedagógica para divulgar os efeitos de recuperação de espécies na floresta laurissilva. […]

Nacional

Vinhos da Península de Setúbal na Feira Iberoamericana de Gastronomia

Os vinhos da Península de Setúbal estão presentes, através da Rota de Vinhos, na FIBEGA 2016, Feira Iberoamericana de Gastronomia, a decorrer em Mérida, Espanha.
A participação, entre 20 e 22 de novembro, acontece a convite da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa, e, […]

Nacional

Está a começar a revolução do pão em Portugal

[Fonte: Público]
Há quem semeie trigos antigos como o barbela, há quem aposte na recuperação de moinhos tradicionais, há cada vez mais gente a aprender o ofício de padeiro e interessada nas formas artesanais de fazer pão, com leveduras naturais e fermentações longas. […]