Incêndio com duas frentes lavra com intensidade em Ferreira do Zêzere

Incêndio com duas frentes lavra com intensidade em Ferreira do Zêzere

[Fonte: Correio da Manhã]

O incêndio de Ferreira do Zêzere que deflagrou na sexta-feira em Beco e que tinha sido dado como dominado, reativou esta tarde, tendo sido já retiradas várias pessoas das suas habitações, disse o presidente da Câmara.

“O fogo está com uma dimensão dantesca, a evoluir rapidamente e com projeções muito largas”, disse à agência Lusa o presidente daquele município do distrito de Santarém, Jacinto Lopes, referindo que “há casas em risco” e que, “por questões de segurança”, foi necessário retirar algumas pessoas das suas casas, tendo estas sido transportadas para a Santa Casa da Misericórdia de Ferreira do Zêzere.

Segundo disse o autarca, cerca das 22h30, a partir do posto de comando instalado junto à igreja de Nossa Senhora da Orada, freguesia de Beco, “a situação está muito complicada e existem muitas preocupações”, tendo precisado que “15 pessoas foram transferidas por precaução da aldeia de Ral”, freguesia de Beco, nomeadamente idosos e pessoas acamadas.

“Vai ser uma noite a defender pessoas e casas, temos muito trabalho pela frente”, vincou, relativamente a um incêndio que o autarca afirmou ter “mão suspeita”.

O presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere disse ainda que “está a ser ponderada” a ativação do Plano Municipal de Emergência.

Segundo a página da Proteção Civil, às 22h50 estavam a combater este incêndio, que mantém duas frentes ativas e lavra em povoamento florestal, 262 operacionais apoiados por 78 viaturas.

Comente este artigo

O artigo Incêndio com duas frentes lavra com intensidade em Ferreira do Zêzere foi publicado originalmente em Correio da Manhã

Anterior D. António Marto defende despartidarização da questão dos incêndios
Próximo Segurança Social abre inquérito à Associação Seara de Trigo

Artigos relacionados

Últimas

Pastores desanimados sem pastagens após os incêndios

[Fonte: Gazeta Rural]

António Manuel da Cruz é pastor em Castelo Novo desde que começou a dar os primeiros passos. Já lá vão mais de seis décadas a palmilhar a encosta da Gardunha para dar alimento ao rebanho. Vive feliz porque faz o que mais gosta. […]

Sugeridas

É possível acabar com a fome em Moçambique” – Programa Mundial Alimentação

[Fonte: Correio da Manhã]
 [Fonte: Observador]
A diretora do Programa Mundial de Alimentação (PMA) em Moçambique, Karin Manente, acredita que é possível acabar com a fome no país até 2030. “Essa é a nossa aspiração: fome zero. É possível”, […]

Últimas

Conselho Oleícola Internacional reúne especialistas na luta contra a Xylella fastidiosa

[Fonte: Agricultura e Mar]
O Conselho Oleícola Internacional (COI) marcou, para os dias 2 e 3 de Outubro, uma reunião de especialistas de vários centros de pesquisa para estabelecer as bases para a elaboração de um guia técnico sobre a Xylella fastidiosa.
O guia sobre a praga do olival, […]