Herdade da Contenda: Câmara Municipal de Moura recebe Prémio Nacional da Paisagem 2020

Herdade da Contenda: Câmara Municipal de Moura recebe Prémio Nacional da Paisagem 2020

O Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, entregou, hoje, 9 de dezembro, à Câmara de Municipal de Moura, o Prémio Nacional da Paisagem 2020, pelo projeto «Uma paisagem de referência na Raia», desenvolvido na Herdade da Contenda.

A candidatura da Herdade da Contenda recebeu o voto unânime do júri por ser exemplar e inspirador. Trata-se de um projeto recuperação de solos degradados, visando a criação de valor económico para a região; a recuperação das áreas foi realizada com recurso a espécies autóctones e práticas ambientalmente sustentáveis; a valorização da paisagem foi incorporada nos instrumentos de gestão; e teve o envolvimento e cooperação da comunidade na sua execução.

Foram ainda distinguidos com uma menção honrosa três projetos que contribuem para o desenvolvimento de práticas inovadoras noutros territórios:

«A paisagem do Freixo do Meio que a luz da agroflorestal ilumina» (Câmara Municipal de Montemor-o-Novo);

«Fajãs de São Jorge» (Região Autónoma dos Açores);

«A estratégia da paisagem na revisão do PDM de Braga» (Câmara Municipal de Braga).

O Prémio Nacional da Paisagem 2020 coincide com o 20º Aniversário da Convenção Europeia da Paisagem, ratificada por Portugal em 2015.

A atribuição deste prémio permite assegurar a participação de Portugal no concurso que visa a atribuição do Prémio da Paisagem do Conselho da Europa.

A Herdade da Contenda venceu o Prémio Nacional de Paisagem 2020. Trata-se de uma distinção honorífica criada em 2012, no quadro da implementação da Convenção Europeia da Paisagem.

A iniciativa promovida pela Direção Geral do Território, pretende premiar o mérito de quem, em Portugal, contribui para um desenvolvimento territorial mais sustentável e promove a sensibilização para a importância da paisagem na qualidade de vida. A candidatura vencedora é selecionada para representar Portugal no concurso relativo à atribuição do Prémio da Paisagem do Conselho da Europa.

A empresa municipal Herdade da Contenda participou com a candidatura “Uma paisagem de referência na Raia – A Herdade da Contenda”. Trata-se de um projeto de referência para uma gestão sustentável do uso do solo, inspirador da importância da paisagem enquanto recurso e demonstrador de como a interação humana com os sistemas naturais a pode construir, destruir e reconstruir.

Na Herdade da Contenda, as transformações que refletem a história naquela situação raiana, resultam de uma ligação ancestral entre a terra e os seres humanos, onde é difícil distinguir onde começa uma e acaba a outra. É, afinal, a paisagem alentejana e mediterrânica, numa narrativa de resiliência e capacidade de ressurgir, conservando o seu caráter.

A candidatura foi elaborada pela Herdade da Contenda, Empresa Municipal e contou com o apoio do arquiteto paisagista Nuno Lecoq, que desenvolveu em 2014 a tese de doutoramento “A Herdade da Contenda. Uma Paisagem Única como Paisagem de Referência”.

O Prémio Nacional de Paisagem 2020 será entregue, na próxima quarta-feira, dia 09, a Álvaro Azedo, Presidente da Câmara Municipal de Moura, pela mão do Senhor Ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, no decorrer 3.ª Conferência da Política Nacional de Arquitetura e Paisagem.

Comente este artigo
Anterior Conferência debate Solo como recurso vivo, ameaçado, e crucial para as sociedades
Próximo Donos da Pacheca compram Caminhos Cruzados no Dão

Artigos relacionados

Últimas

Conversas AgroGlobal. António Serrano da Jerónimo Martins Agroalimentar: “é importante, depois da crise, pensar na importância da soberania alimentar”

A AgroGlobal prossegue a ronda de conversas sobre os desafios e efeitos da crise no sector agrícola. Esta semana foi a vez de António Serrano, […]

Últimas

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 16 a 22 Novembro 2020

Na semana em análise as cotações médias nacionais do frango, vivo (de 1,8 kg) e abatido (65% – de 1100 a 1300 g) e do peru, vivo (de 14 a 15 kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 kg), mantiveram-se […]

Nacional

Comissão Europeia: sem Espanha no caminho, Costa espera ter fundos europeus

Apesar do revés que significou para António Costa o arranjo final da distribuição dos cargos de topo da arquitetura europeia, o Governo acredita que Portugal saiu da cimeira desta semana em boas condições para discutir a distribuição de pelouros na futura Comissão Europeia (CE). […]