Governo vai antecipar pagamentos da Política Agrícola Comum para aliviar produtores

Governo vai antecipar pagamentos da Política Agrícola Comum para aliviar produtores

[Fonte: Correio da Manhã]

O ministro da Agricultura anunciou hoje, em Santarém, a antecipação dos pagamentos do primeiro e do segundo pilares da Política Agrícola Comum (PAC), relativos à produção agrícola e ao desenvolvimento rural, “para melhorar a situação de tesouraria” dos produtores.

Capoulas Santos, que hoje inaugurou a 54.ª Feira Nacional da Agricultura/64.ª Feira do Ribatejo, que decorre no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), em Santarém, até dia 18, afirmou que, no caso do segundo pilar, os agricultores vão receber, “com pelo menos três meses de antecedência, os pagamentos a que têm direito este ano, por forma a melhorar a situação de tesouraria”.

“Podemos adiantar 75% dos pagamentos do segundo pilar da PAC, o que significa pagamentos que atingirão valores na ordem dos 300, 400 milhões de euros”, disse, acrescentando que no caso do primeiro pilar da PAC, vai propor no Conselho de Ministros da Agricultura da União Europeia, em julho, que o adiantamento passe de 50% para 70%, “ou seja, outros 600 milhões de euros”.

Comente este artigo

O artigo Governo vai antecipar pagamentos da Política Agrícola Comum para aliviar produtores foi publicado originalmente em Correio da Manhã

Anterior Ministro da Agricultura enaltece a maior Feira Agrícola do país
Próximo Porque não um “ Alqueva” ribatejano?

Artigos relacionados

Últimas

Período obrigatório de declaração de existências de suínos no mês de agosto

[Fonte: Voz do Campo]
No mês de agosto, decorre mais um período obrigatório de “Declarações de Existências de Suínos (DES)”, conforme Aviso do Plano de Controlo e Erradicação da Doença de Aujeszky, da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária.
A declaração das existências de suínos poderá […]

Nacional

Aprovadas 97 candidaturas para eficiência energética de 5,7 milhões

[Fonte: Dinheiro Vivo – empresas]
O secretário de Estado da Energia aprovou 97 candidaturas num concurso para a promoção da eficiência energética, que representam uma comparticipação financeira de cerca de 1,6 milhões de euros, um investimento que ronda os 5,7 milhões de euros. […]

Últimas

Projecto internacional de 1,2 ME para estudar produção sustentável de vinhos 

[Fonte: Gazeta Rural]

Dezasseis instituições de Portugal, Espanha e França juntaram-se no projecto “Vinovert” que dispõe de 1,2 milhões de euros para estudar a produção sustentável dos vinhos até 2019, informou Associação para Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID), uma das parceiras. […]