Governo: Miguel Freitas assume florestas numa altura em que pasta domina agenda política

Lisboa, 14 jul (Lusa) – Miguel Freitas assume a pasta das Florestas e do Desenvolvimento Rural em pleno verão, numa altura em que o incêndio que deflagrou em junho em Pedrógão Grande colocou a gestão florestal no centro da agenda política e mediática.

Comente este artigo
Anterior Maior plataforma de microalgas da Europa instala-se em Vila Franca de Xira
Próximo PCP avisa que "incêndios não se apagam com gasolina"

Artigos relacionados

Nacional

Municípios criticam processo de “desgaste” na linha de crédito para limpar floresta

[Fonte: Gazeta Rural]

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) criticou, em Lisboa, o processo de candidaturas das autarquias à linha de crédito para financiamento da limpeza da floresta, considerando que pressupõe “um desgaste de energia e de dinheiro suplementar”. […]

Últimas

Especialista em incêndios diz que “infelizmente continua a faltar trabalho de preparação da floresta”

[Fonte: Rádio Renascença]

O especialista em incêndios Domingos Xavier Viegas disse este domingo que Portugal aprendeu a lição nos últimos dois anos, mas “infelizmente continua a faltar” um trabalho de preparação da floresta para ajudar os bombeiros a antecipar o fogo. […]

Nacional

Viveiro de plantas italiano procura tecnologia que permita a micropropagação

[Fonte: Agricultura e Mar]
Um viveiro de plantas italiano está à procura de tecnologia que permita a micropropagação. A introdução dessa técnica deverá tornar a empresa capaz de produzir plantas livres de doenças com características genéticas e de saúde idênticas às das plantas usadas para propagação. […]