Governo avança com taxa sobre as batatas fritas

[Fonte: Jornal De Negócios]

Bolachas e biscoitos; alimentos que integrem flocos de cereais e cereais prensados; e batatas fritas ou desidratadas. São estes os produtos que, desde que tenham um teor de sal igual ou superior a um grama por cada 100 gramas, passarão a ser tributados por uma nova taxa que o Governo quer introduzir com o Orçamento do Estado para 2018.

De acordo com a versão preliminar do documento, a que o Negócios teve acesso, para o cálculo do imposto a pagar será tido em conta o peso do produto já acabado, sobre o qual incidirá uma taxa de 0,80 cêntimos por cada quilograma.

Os produtos que sejam adquiridos noutro Estado membro da União Europeia e que sejam importados estarão também sujeitos a imposto em Portugal, a menos que se esteja perante uma aquisição para uso pessoal e se forem transportados pelo próprio consumidor.

A taxa sobre os produtos com elevado teor de sal é uma bandeira do ministro da Saúde. Adalberto Campos Fernandes considera que é uma medida de protecção da saúde pública. Em Junho, numa entrevista à Lusa, o governante falava em “dar um passo inovador” no sentido de penalizar a chamada “junk food”, prejudicial à saúde e usada sobretudo pelas camadas mais pobres da população.

Como o Negócios adiantou, a introdução desta taxa na proposta de OE para 2018 chegou a estar tremida, uma vez que o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes seria de opinião de que a criação de um imposto de raiz, como agora se pretende fazer, exigia um trabalho prévio para o qual não houvera ainda tempo suficiente.

A medida acaba mesmo por avançar e, segundo a versão preliminar da proposta de OE, a ideia é aplicar as mesmas regras que já existem para as bebidas não alcoólicas em matéria de produção e armazenagem de produtos e, posteriormente, de circulação. 

(notícia actualizada às 18:40)

Comente este artigo

O artigo Governo avança com taxa sobre as batatas fritas foi publicado originalmente em Jornal De Negócios

Anterior Annonces d'Emmanuel Macron Confédération paysanne : « Le cap est donné, traduisons-le en actes »
Próximo O Conselho de Administração é um excelente órgão de gestão para a empresa familiar

Artigos relacionados

Últimas

Onze meios aéreos combatem fogo em Quiaios


Fotografia: João Panhó.

Mais de duas centenas de operacionais, apoiados por 11 meios aéreos, combatem um incêndio que deflagrou pelas 15h15, num povoamento florestal em Quiaios, no concelho da Figueira da Foz, distrito de Coimbra.
De acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), […]

Últimas

Organic Caffe. Respeitar a saúde de quem entra em dietas

[Fonte: Dinheiro Vivo – empresas]
Sem glúten, sem lactose, vegetariano, vegan, paleo, detox, raw. Quantas dietas conhece? E quantos restaurantes respeitam essas escolhas alimentares? O Organic Caffe tenta adequar-se às escolhas de cada pessoa, com uma ementa em que as maiores estrelas são os produtos saudáveis. […]

Dossiers

Bruxelas dá 5,7 milhões a três projetos de inovação portugueses

[Fonte: ECO]
A Comissão Europeia vai apoiar com 5,7 milhões de euros três projetos de inovação portugueses nas áreas das novas tecnologias e inteligência artificial, anunciou, esta quinta-feira, numa nota informativa.
Os projetos das empresas portuguesas RTP, Sakthi Portugal e VisionWare fazem parte de um lote de 14 europeus, […]