Governo abre concurso para contratar mais 200 sapadores florestais

Governo abre concurso para contratar mais 200 sapadores florestais

[Fonte: O Jornal Económico]

O Governo anunciou hoje, dia 5 de agosto, que abriu o concursos para a criação de 40 novas equipas de sapadores florestais, o que pressupõe a contratação de mais 20 sapadores florestais, uma vez que, segundo o ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, as equipas de sapadores florestais são formadas, no mínimo, por cinco efetivos.

A constituição destas novas 40 equipas envolve um montante de 2,6 milhões de euros, financiado pelo Fundo Florestal Permanente (FFP).

Destas novas 40 equipas de sapadores florestais, “15 das quais poderão integrar novas brigadas”, de acordo com o comunicado do Ministério da Agricultura.

“O Governo pretende criar até cinco Brigadas de Sapadores Florestais, integrando três equipas cada uma, envolvendo um efetivo de 15 elementos por brigada. Podem candidatar-se à criação de brigadas as Comunidades Intermunicipais ou as Áreas Metropolitanas, sendo que a área de intervenção de cada brigada deverá abranger um território mínimo de 7.500 hectares”, adianta o referido comunicado.

Segundo o Ministério da Agricultura, “as restantes 25 equipas deverão abranger uma área de intervenção mínima igual ou superior a 2.500 hectares de floresta ou, no caso de se tratar de uma superfície de floresta e matos, com um mínimo de 7.500 hectares”.

O ministério liderado por Capoulas Santos avança ainda que as candidaturas devem ser formalizadas junto do ICNF, através do formulário disponibilizado no sítio da internet deste instituto, até ao dia 15 de outubro.

“De acordo com o aviso de concurso, até 31 de agosto as entidades titulares de equipas de sapadores florestais podem solicitar ao ICNF autorização para alteração da área de intervenção de uma equipa de sapadores florestais. As candidaturas poderão ser apresentadas por agrupamentos de unidades de baldios, unidades de baldios, entidades gestoras de Zonas de Intervenção Florestal (ZIF), associações e cooperativas reconhecidas como Organizações de Produtores Florestais e Juntas de Freguesia e seus agrupamentos ou associações”, esclarece o referido comunicado.

O Ministério da Agricultura assinala também que o concurso se aplica a todo o território nacional e corresponde ao reforço dos meios de prevenção e defesa da floresta contra incêndios, prosseguindo a dinâmica de crescimento do Programa de Sapadores Florestais que este Governo tem vindo a implementar.

“Neste momento, estão já em atividade 400 equipas de sapadores florestais, 128 das quais foram criadas por este Governo. Até ao final do ano, estarão criadas, no total, 500 equipas envolvendo uma força de 2.500 efetivos”, conclui o comunicado em questão.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Anterior Procuradoria russa diz que dados de fogos florestais na Sibéria foram falseados
Próximo João Ponte destaca intenso trabalho do Governo dos Açores para a próxima PAC

Artigos relacionados

Últimas

International bulk wine and spirits show – 26 e 27 Fevereiro 2018 – Londres

International Bulk Wine and Spirits Show (IBWSS) a feira anual de vinhos a granel ,bebidas espirituosas e compradores de marca própria dos Estados Unidos chega também a Londres. […]

Últimas

Arroz mantém produção da campanha anterior apesar de afectada pela falta de calor

A produção de arroz no Baixo Mondego (região responsável por cerca de 1/6 da produção nacional desta cultura) foi negativamente afectada pela falta de calor e luminosidade ao longo do mês de Agosto, […]

Nacional

IV Edição do Concurso Tomate Coração de Boi do Douro é já em Agosto

A IV Edição do Concurso Tomate Coração de Boi do Douro realiza-se a 23 de Agosto, na Quinta de Ventozelo, em Ervedosa do Douro. […]