Golas antifumo: PJ realiza buscas no ministério da Administração Interna e Proteção Civil

Golas antifumo: PJ realiza buscas no ministério da Administração Interna e Proteção Civil

[Fonte: O Jornal Económico]

A PJ está a realizar buscas no ministério da Administração Interna e na Proteção Civil devido à polémica com as golas antifumo, avança a TVI 24 esta quarta-feira, 18 de setembro.

As autoridades investigam indícios de crimes de participação económica em negócio e desvio de subsídio na compra pela Autoridade Nacional de Emergência de Proteção Civil (ANPC) de 70 mil golas antifumo.

Também estão a ser realizadas buscas na empresa Foxtrot, e ao dono da empresa, que forneceu as golas ao Estado.

O ex-adjunto do secretário de Estado da Proteção Civil, Francisco Ferreira, que se demitiu na sequência desta polémica, também está a ser alvo de buscas.

Francisco Ferreira, apresentou a sua demissão no final de julho após ser revelado que fora o responsável por selecionar as cinco empresas que foram escolhidas para apresentarem propostas para o fabrico das golas antifumo e kits distribuídas pela Proteção Civil, que revelaram ser inflamáveis.

José Artur Tavares Neves, secretário de Estado da Proteção Civil, esteve sob forte pressão devido a esta polémica, mas resistiu e acabou por se manter no Governo.

A polémica começou quando foi revelado que a Proteção Civil tinha comprado 70 mil golas antifumo para distribuir às populações de aldeias em zonas de risco elevado de incêndio florestal. Apesar de a polémica inicial ter sido em redor da qualidade e resistência ao fogo das golas, a polémica rapidamente evoluiu para a contratação das mesmas.

  • Notícia em atualização
Comente este artigo

O artigo Golas antifumo: PJ realiza buscas no ministério da Administração Interna e Proteção Civil foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Anterior Produtores de Leite apresentam protesto veemente perante o anúncio da proibição de carne de vaca nas cantinas da Universidade de Coimbra
Próximo Várias opiniões contra a decisão de retirar carne de vaca das ementas das cantinas da Universidade de Coimbra

Artigos relacionados

Nacional

Apoios à monitorização de pragas florestais variam entre 70 e 150 euros

[Fonte: Correio da Manhã]

Os apoios financeiros para monitorização de pragas florestais no âmbito do Programa Nacional de Monitorização variam entre 70 e 100 euros por parcela e os 150 euros por armadilha, […]

Últimas

Investigação testa extratos de plantas daninhas no controlo de lagartas

[Fonte: Vida Rural]
Uma pesquisa desenvolvida pela Embrapa Meio Ambiente (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) está […]

Últimas

Cultivares de Oliveira: Cordovil de Trás-os-Montes

[Fonte: Vida Rural]
Cordeiro, A.M.; Calado, M.L.; Morais, N.; Miranda, A. & Carvalho, M.T. (1)
INRB / L-INIA / URGEMP
Aspectos Gerais
Sinonímias reconhecidas: Cordovil. […]