Fruut reduz 25% de plástico nas suas embalagens

[Fonte: Agricultura e Mar]

A marca de snacks 100% naturais que revolucionou a indústria alimentar em Portugal aposta num packaging apelativo e com a redução de 25% de plástico. A par desta mudança surge um novo sabor – coco – e dois mix com frutos secos – cubos de maçã e amendoim e cubos de maçã, coco e amêndoa).

A Fruut chega ao mercado com uma nova embalagem, agora num formato mais prático e reduzido. Além de mais apelativa para o consumidor, é também mais amiga do ambiente, com a redução de 25% de plástico na sua produção, o que contribui para uma redução significativa do cartão utilizado no transporte, já que em cada uma das caixas é possível colocar mais embalagens.

Estas medidas “espelham a preocupação da marca” portuguesa para a problemática do meio ambiente e da sua sustentabilidade.

“Movemos-nos por ideais e quando idealizamos a Fruut definimos a missão de contribuir para a melhoria dos hábitos alimentares e para um mundo mais sustentável. Reconhecemos que temos de fazer sempre mais e melhor e que o plástico representa uma ameaça para o nosso planeta. Para isso desenvolvemos um projecto interno no sentido de diminuirmos o impacto das embalagens no ambiente, reduzindo de imediato 25% de plástico em cada embalagem e projectando a médio prazo outras soluções que permitam a eliminação do plástico no nosso packaging”, explica Filipe Simões, director executivo da Frueat, empresa que detém a Fruut.

Formato mais prático

De notar que o novo formato é também mais prático para os consumidores, uma vez que a Fruut pode ser transportada, sem dificuldades, nas mochilas, carteiras ou até no bolso de um casaco.

Mas as mudanças não ficam por aqui. As embalagens Fruut também sofreram um rebranding e a principal preocupação foi a de criar uma imagem mais apelativa, contemporânea, jovem e com cores vibrantes que captassem a atenção do consumidor.

Internacionalização

Por outro lado, é com a nova imagem – que apresenta um design focado no produto – que a marca portuguesa quer conquistar novos mercados internacionais. Por isso, estão presentes oito línguas na embalagem.

“Sentimos necessidade de optimizar a embalagem e torná-la passível de estar nos lineares de países estrategicamente seleccionados. Actualmente, as embalagens Fruut têm oito línguas, o que nos dá confiança e força para abordar os mercados definidos como prioritários”, acrescenta o responsável pela empresa.

A par desta mudança a Fruut aproveitou ainda para lançar um novo sabor – Coco – e surpreender os consumidores com dois mix com frutos secos – cubos de maçã e amendoim e cubos de maçã, coco e amêndoa.

Fruta 100% natural

A Fruut é a marca que pertence à Frueat, empresa portuguesa com sede no Porto e fábrica em Viseu. Fruut é um snack de fruta 100% natural, sem qualquer adição de açúcar, gordura ou conservantes.

Os snacks são feitos à base de fruta de tamanhos pequenos e com defeitos na casca que são rejeitados pelo mercado, evitando desta forma o desperdício alimentar.

A Fruut recebeu o prémio Nutrition Award 2013 na categoria “produto do ano” e em 2016 na categoria “sustentabilidade alimentar” – o prémio mais conceituado da indústria alimentar e de nutrição. Em 2017, a marca recebeu o Prémio Cinco Estrelas.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Fruut reduz 25% de plástico nas suas embalagens foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior I Encontro dos Vinhos do Tejo é na Golegã
Próximo Com previsão de chuva é preciso tratar para prevenir o míldio

Artigos relacionados

Últimas

Açores “fortemente empenhado em garantir a sustentabilidade da vitivinicultura”

[Fonte: Agricultura e Mar]

O secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, 8 de Julho, que o Governo dos Açores está fortemente empenhado em garantir o desenvolvimento sustentável da vitivinicultura na ilha do Pico, conforme atestam um conjunto de medidas e acções que têm vindo a ser tomadas. […]

Nacional

Reestruturação de vinhas vai ter concurso de 50 ME

[Fonte: Gazeta Rural]

A reconversão e reestruturação da vinha vai ser objeto de um novo concurso no valor de 50 milhões de euros, a lançar no terceiro trimestre deste ano, anunciou hoje o Ministério da Agricultura.
“No terceiro trimestre, […]

Nacional

Anadia destruiu mil ninhos de vespa asiática nos últimos três anos

[Fonte: SAPO 24]

“O município tem vindo a travar uma autêntica guerra contra a vespa velutina, nomeadamente no que se refere ao extermínio dos respetivos ninhos. Esta ‘praga’ tem registado um aumento significativo, nos últimos dois anos, um pouco por todo o concelho, […]