Frusantos lança castanha de fazer Saudade

Frusantos lança castanha de fazer Saudade

[Fonte: Voz do Campo]

A Frusantos, empresa portuguesa fundada em 1982, prepara-se para lançar a Saudade-Sabores do Coração, uma nova marca de castanha portuguesa. De olhos postos na internacionalização, a Saudade vai ser apresentada oficialmente em Madrid durante a Fruit Attraction, uma das principais feiras empresariais de frutas e legumes do mercado europeu, que decorre entre 18 e 20 de outubro.

De acordo com o comunicado da empresa, atualmente mais de 50% das vendas da Frusantos são feitas fora de Portugal e a intenção é reforçar as exportações com a criação de uma marca distintiva, associada a um produto sazonal de elevada qualidade. A Saudade valoriza a castanha da variedade martaínha, produzida em Sernancelhe e em todos os concelhos limítrofes que abrangem a área geográfica com classificação Castanha dos Soutos da Lapa DOP (Denominação de Origem Protegida). Alemanha, França, Suíça, Luxemburgo, Itália, Espanha, Estados Unidos e Canadá são mercados prioritários.

“A castanha portuguesa está muito bem conotada nos mercados internacionais e a variedade martaínha é diferenciadora: são castanhas mais doces, muito brilhantes e fáceis de descascar. Não havia uma marca que destacasse estas características  distintivas e o nosso objetivo é dar a conhecer este produto de alta qualidade, sazonal, que o consumidor associa a uma época específica do ano e que traz saudades. Além do mercado internacional, também temos como prioridade captar consumidores no mercado nacional”, diz Tozé Santos, administrador da empresa.

“A Saudade – Sabores do Coração remete para a região, conhecida por estar situada no coração de Portugal e ter produtos de excelência. Ao mesmo tempo, está ligada à história da empresa, aos valores da família que inspiram o negócio. Este ano comemoramos 35 anos de existência e o lançamento da marca também é uma forma de prestar homenagem ao fundador, João da Silva Santos, que já não está entre nós”, acrescenta Miguel Santos, igualmente administrador da empresa.

O projeto de internacionalização da Frusantos é cofinanciado pelo Programa Operacional (Norte 2020), com o montante de investimento elegível global de 425.628,33€, dos quais 188.851,50€ são do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER); e 4.170,83€ do Fundo Social Europeu (FSE).

Comente este artigo

O artigo Frusantos lança castanha de fazer Saudade foi publicado originalmente em Voz do Campo

Anterior Tasan en 1.050 millones de euros las pérdidas por la sequía en Andalucía, especialmente en el olivar
Próximo Alertan de la situación crítica de las explotaciones ganaderas en zonas de Toledo por la falta de agua para los animales

Artigos relacionados

Últimas

UNAC faz workshop sobre Factores Críticos na Rentabilidade do Pinheiro Bravo

[Fonte: Agricultura e Mar]
É já no próximo dia 19 de Junho que se realiza o workshop “Factores Críticos na Rentabilidade do Pinheiro Bravo”. A acção, organizada pela UNAC – União da Floresta Mediterrânica, ocorre em Castelo Branco, no CEI – Centro de Empresas Inovadoras. […]

Últimas

Trioza erytrea – psila africana dos citrinos

[Fonte: ffl revista]

Investigação

A psila africana, Trioza erytrea, transmite o agente causal da forma africana da doença  greening dos citrinos, provocado pelo Candidatus Liberibacter africanus. Trata-se de uma  doença muito destrutiva para os citrinos. […]

Nacional

Empresários florestais questionam a utilização dos dinheiros do PDR 2020

[Fonte: Agricultura e Mar]
A Anefa – Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente questiona a forma como estão a ser atribuídos os apoios do PDR 2020 e diz que, até ao momento, e considerando os dados oficiais de Julho de 2017, […]