Feira Nacional da Floresta tem Alto Patrocínio do Presidente da República

Feira Nacional da Floresta tem Alto Patrocínio do Presidente da República

[Fonte: Agricultura e Mar]

A II Feira Nacional da Floresta realiza-se de 18 a 20 de Maio, no Expocentro, em Pombal, e conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, repetindo o patronato que recebeu também na primeira edição deste certame, em 2016.

A Feira é uma organização do Município de Pombal, em parceria com a Cooperativa Agrícola do Concelho de Pombal, a Associação de Produtores Florestais de Pombal, a Associação de Desenvolvimento e Iniciativas Locais de Pombal e a Associação de Destiladores e Exploradores de Resina.

“A organização da Feira Nacional da Floresta regozija-se por este importante patrocínio, que é tido como um alto reconhecimento da pertinência e do interesse da promoção desta Feira como um espaço de debate e de discussão sobre toda a fileira”, diz fonte institucional da autarquia de Pombal.

Público-alvo

O objectivo desta Feira é evidenciar o papel da floresta na propulsão da economia, do emprego e do desenvolvimento sustentável, assim como sensibilizar públicos alargados para a sua defesa e protecção.

O evento pretende ainda promover debate e informação em diferentes aspectos ligados à fileira da floresta e promover Pombal como centro de exposições do sector florestal.

A feira destina-se a produtores florestais, a empresas da fileira, como sejam os viveiros, corte e transformação de madeiras e derivados; maquinarias de apoio à produção e exploração; serviços de apoio ao sector florestal e, como não poderia deixar de ser o público em geral.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

O artigo Feira Nacional da Floresta tem Alto Patrocínio do Presidente da República foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Convierten residuos agroalimentarios en aceite a través del cultivo de microalgas
Próximo "Sucesso" com queijo de água mineral das Furnas leva à criação de novos produtos

Artigos relacionados

Últimas

‘Gente bonita come fruta feia’ e evita desperdício de 500 toneladas

[Fonte: Vida Rural]
Três anos depois de ter iniciado a sua missão, a cooperativa Fruta Feia, cujo lema é ‘Gente bonita come fruta feia’, já conseguiu evitar que 500 toneladas de hortofrutícolas fossem parar ao caixote do lixo. Uma poupança que se traduz ainda no apoio a 116 produtores que conseguem, […]

Sugeridas

José Palha: Separados na atividade, unânimes na preocupação para com o futuro da atividade agrícola.

[Fonte: Anipla – fitoentrevista]

José Palha, produtor e presidente da direção da ANPOC
A visão sobre os desafios à produção agrícola na atualidade, tomando como ponto de partida o estudo que a ANIPLA realizou em parceria com a Universidade Católica. Esta semana com o produtor Agrícola, […]

Nacional

Figueiró dos Vinhos quer aproveitar tragédia para reordenar floresta

[Fonte: Gazeta Rural]

A Câmara de Figueiró dos Vinhos, concelho também afetado pelo incêndio na região, acompanha a ideia já defendida por Pedrógão Grande de aproveitar este momento para se reordenar e transformar a floresta.
“O Governo tem aqui uma oportunidade de ouro para se alterar algo que não está […]