Empresas florestais defendem que sejam os contribuintes a pagar a limpeza de terrenos privados

Empresas florestais defendem que sejam os contribuintes a pagar a limpeza de terrenos privados

[Fonte: Jornal económico]

Os proprietários dizem que não têm dinheiro para limpar os seus terrenos florestais, no âmbito do programa de prevenção dos incêndios.

A Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente (ANEFA) defende que o dinheiro dos contribuintes deve ser usado para limpar os terrenos privados.´

“Se isto é uma questão de proteção civil, terá toda a sociedade civil de encontrar uma maneira de ajudar a financiar essas limpezas. Enquanto isso não acontecer, o proprietário não ganha dinheiro, por si só, com a floresta, para andar a limpar todos os anos”, defendeu o presidente da ANEFA Pedro Serra Ramos em entrevista à rádio TSF.

O dirigente aponta que não é preciso aumentar a carga fiscal bastando usar parte das receitas do Impostos sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP) na limpeza das florestas privadas.

“O problema é que nós temos um imposto que é o Fundo Florestal Permanente, que é taxado sobre os combustíveis, que teoricamente deveria servia para ajudar esse tipo de situações e na realidade está a ser gasto com outras questões que deviam fazer parte do orçamento geral do Estado e não fazem. Se calhar teremos de passar esse dinheiro para um apoio aos proprietários que têm faixas a limpar, para os ajudar a fazê-lo todos os anos”, defende o presidente da ANEFA.

Comente este artigo

O artigo Empresas florestais defendem que sejam os contribuintes a pagar a limpeza de terrenos privados foi publicado originalmente em Jornal económico

Anterior Pedro Marques “agradece” ao PSD estar a valorizar o debate das propostas do PS
Próximo Luís Silva, diretor executivo da ASCENZA

About author

Artigos relacionados

Últimas

Resultados Comercialização 2017 – Vinhos da Região Demarcada do Douro

2017 foi um ano de recordes para os vinhos com Denominação de Origem Protegida/ Indicação Geográfica Protegida da Região Demarcada do Douro. Registaram-se vendas no total de 556 milhões de euros, correspondentes a 13,7 milhões de caixas. Em relação a 2016, a subida em volume de negócios foi de 3,6% e em quantidade de 2,2%. […]

Noticias Fitofarmacêuticos

Simpósio ANIPLA 2018 – 27 de novembro – Coimbra

27 novembro, Convento de São Francisco, Coimbra
No próximo dia 27 de novembro, a partir das 9h30, a cidade de Coimbra receberá o Simpósio ANIPLA 2018 sobre Agricultura Inteligente.
Neste encontro, os participantes serão convidados a refletir e debater sobre uma agricultura moderna que se serve de práticas tecnologicamente evoluídas e que consegue estimular a competitividade das empresas e a economia nacional, […]

Nacional

Capoulas Santos garante que as “medidas agro-ambientais estão asseguradas”

[Fonte: rádio PAX]
Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, esteve esta semana, em Castro Verde, na sessão comemorativa dos 30 anos da Associação de Agricultores do Campo Branco, onde garantiu que as “medidas agro- ambientais estão para já, asseguradas”.
O Ministro da Agricultura referiu que “o financiamento” para as agro-ambientais “de mais de 200 milhões de euros está garantido”. […]