Embalagens de produtos fitofarmacêuticos com pictogramas obrigatórios desde 1 de Junho

Embalagens de produtos fitofarmacêuticos com pictogramas obrigatórios desde 1 de Junho

[Fonte: Agricultura e Mar]

Os produtos fitofarmacêuticos à venda no mercado têm de estar classificados, rotulados e embalados de acordo com o regulamento europeu CLP –  Classification Labeling Packaging, ou seja, com pictogramas e frases. As novas regras entraram em vigor a 1 de Junho de 2017, depois de ter chegado ao fim o período transitório.

O Regulamento europeu Reg nº1272/2008 tinha estabelecido que a partir de 1 de Junho de 2015 todos os produtos colocados no mercado deveriam estar classificados, rotulados e embalados de acordo com o regulamento CLP.

Os produtos fitofarmacêuticos já fabricados antes de 1 de Junho de 2015 poderam continuar a ser comercializados até 1 de Junho de 2017.

Alteração das frases

Com as novas regras à uma alteração substancial nas frases a utilizar nas embalagens. Segundo explica a Anipla – Associação Nacional da Indústria para a Protecção das Plantas, as frases H, que são um conjunto de frases padronizadas sobre o perigo das substâncias e suas misturas, substituem as frases R. Por exemplo, H301 – Tóxico em caso de ingestão.

Já as frases P são um conjunto de frases standard fornecendo conselhos sobre a utilização (precaução) adequada das substâncias químicas e das suas misturas. Estas substituem as frases S. Por exemplo, P102 – Manter fora do alcance das crianças.

Por sua vez, as frases EUH são um conjunto de frases standart adicionais sobre o perigo das substâncias químicas e as suas misturas, reservadas especificamente à União Europeia. Por exemplo, EUH209 – Facilmente inflamável no decorrer da utilização.

Pode consultar mais informação sobre as alterações aqui e aqui.

Em Portugal, as autoridades competentes para a execução das obrigações decorrentes do Regulamento CLP são a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direcção-Geral das Actividades Económicas (DGAE) e a Direcção-Geral da Saúde(DGS).

A responsabilidade pela classificação, embalagem e rotulagem das substâncias e misturas, incluindo, nomeadamente, os produtos fitofarmacêuticos e preservadores da madeira é dos fabricantes, importadores e utilizadores a jusante desses produtos.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

Aceito a Política de Proteção de Dados e dou o respetivo Consentimento para a recolha e tratamento de dados pessoais.

O artigo Embalagens de produtos fitofarmacêuticos com pictogramas obrigatórios desde 1 de Junho foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior ¿Cuáles son los animales elegibles para la ayuda excepcional al vacuno de leche?
Próximo Criada petição para promover a agricultura junto dos jovens

Artigos relacionados

Nacional

Governo deverá investir 100 milhões de euros no projeto-piloto de gestão florestal

[Fonte: Jornal económico]
O Governo disse hoje que deverá investir 100 milhões de euros para o projeto-piloto de gestão florestal do Pinhal Interior, afetado pelos incêndios, que deverá contar com uma candidatura ao Plano Juncker.
Segundo informa a Lusa, o Governo pretende candidatar o projeto para o Pinhal Interior ao Plano Juncker, […]

Últimas

Madeira analisa perspectivas da produção de leite na Região

[Fonte: Agricultura e Mar]
A Secretaria Regional de Agricultura e Pescas, através da Escola Agrícola da Madeira, promove no próximo dia 19 de Maio, com início às 14 horas, o seminário “Perspectivas da produção de leite na Região Autónoma da Madeira”.
Esta iniciativa, […]

Últimas

Celtejo defende divulgação dos resultados das análises à poluição no rio Tejo

[Fonte: Jornal De Negócios]

“A Celtejo concorda com os ambientalistas na importância da divulgação dos resultados das análises [feitas pela Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território]”, afirmou à agência Lusa, fonte da Celtejo.
As associações ambientalistas, […]