Diversificação agrícola aumentou nos Açores 25% em dois anos

Diversificação agrícola aumentou nos Açores 25% em dois anos

[Fonte: Açoriano Oriental]

A área dedicada à diversificação agrícola dos Açores cresceu 25% entre 2015 e 2017, passando de 2.300 para cerca de 3.000 hectares, anunciou o presidente do Governo Regional.

Vasco Cordeiro, que falava na inauguração das obras de remodelação da Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa, referiu que na área da vinha o crescimento “foi ainda mais significativo”, tendo registado em igual período um crescimento de 84%, passando-se de 550 mil para 1.000 hectares.

Para o governante, estes números revelam “dados concretos que indiciam os resultados da aposta que pretende reduzir as importações e aumentar as exportações, criando mais valor na cadeia agrícola e mais riqueza nos Açores”.

O líder do executivo considerou que o “investimento significativo” (1,43 milhões de euros) na Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa constitui um “sinal de confiança no futuro do desenvolvimento da ilha”, tendo referido que as novas instalações são “mais um passo no inicio de uma nova caminhada para aumentar a competitividade da agricultura e tecido produtivo” da ilha.

Para Vasco Cordeiro, com este investimento, a Graciosa fica com “condições reforçadas para ser mais competitiva” na produção de vinho, a par de produtos endógenos, como a meloa e o alho.

O chefe do executivo referiu que o investimento tem um significado que vai “para além” do universo de ilha, constituindo “mais uma peça e passo numa estratégia abrangente de dotar todas as ilhas das condições necessárias para que seja possível criar cada vez mais emprego e gerar riqueza”.

O líder do executivo considerou a Adega Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa um “forte contributo” para a coesão social e territorial nos Açores, sendo assim “muito mais” do que um investimento financeiro.

“A Graciosa é um bom exemplo do trabalho de diversificação agrícola que tem sido feito um pouco por toda a região, visando aproveitar o potencial de todas e cada uma das ilhas nas mais diversas produções”, declarou o líder do executivo regional.

O Governo dos Açores termina na quinta-feira uma visita oficial de três dias à ilha Graciosa.

Comente este artigo

O artigo Diversificação agrícola aumentou nos Açores 25% em dois anos foi publicado originalmente em Açoriano Oriental

Anterior Reunião de Conselho de Ministros na Pampilhosa da Serra
Próximo Jorge de Melo e Paula Alves lideram o maior instituto de biotecnologia em Portugal

Artigos relacionados

Últimas

Cereais de qualidade também têm um Clube

[Fonte: Voz do Campo]
O Clube Português dos Cereais de Qualidade (Clube – CPCQ) foi criado há 19 anos e teve em vista unir a fileira do trigo duro com o objetivo de preservar a qualidade deste cereal face à então política europeia que, […]

Noticias Fitofarmacêuticos

ANIPLA debate segurança na produção de alimentos, na FRUTOS 2018.

[Fonte: Anipla – fitonotícias]

No próximo dia 24 de Agosto, a ANIPLA vai marcar presença nas sessões temáticas da Frutos 2018, nas Caldas da Rainha.
Nestas sessões, a Feira Nacional de Hortofruticultura reunirá diversos membros do setor agrícola para se debaterem temas de interesse para a indústria e para o público em geral. […]

Nacional

Há cereais em abundância mas fome continua a ser uma ameaça para 37 países 

[Fonte: Gazeta Rural]

O mais recente relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, subordinado às perspectivas de colheita e situação alimentar, realça que 28 de um total de 37 países dependentes do exterior estão no continente africano, […]