Decisão sobre uso de glifosato de novo adiada

Decisão sobre uso de glifosato de novo adiada

[Fonte: Anipla - fitotema]

A falta de consenso em Bruxelas sobre o glifosato levou a um novo adiamento sobre a decisão de renovar a licença para a utilização deste herbicida na atividade agrícola. Desde 1974 que o glifosato é utilizado, tendo sido alvo de mais de 3300 estudos científicos que atestaram a sua segurança.

A proposta de renovar a licença por mais cinco anos teve a aprovação de 14 países, o chumbo de nove e mereceu a abstenção de cinco Estados-membros, incluindo de Portugal. A falta de maioria qualificada fez com o tema transitasse para o comité de recurso da Comissão Europeia; a decisão final foi adiada para esta semana.

A licença de utilização do glifosato termina a 15 de dezembro e o eventual chumbo da renovação da licença colocaria em risco a produção alimentar, sendo um “sério revés para a economia portuguesa”, como defende a Anipla. Não há, atualmente, qualquer substituto direto desta substância que, se aplicada de acordo com as recomendações, não apresenta riscos para o utilizador e para o consumidor.

A Agência para a investigação do Cancro, da Organização Mundial de Saúde, declarou em Março de 2015 que era provável existir risco cancerígeno em caso de exposição ao produto, mas uma investigação da Reuters veio, agora revelar que a agência ignorou evidência científica que indicava que o produto era “não cancerígeno”. A agência noticiosa revela que foram feitas alterações significativas entre o draft e a versão final do relatório. A conclusão tornada pública contradiz a versão inicial de que este fitofármaco não provocaria cancro.

Comente este artigo

O artigo Decisão sobre uso de glifosato de novo adiada foi publicado originalmente em Anipla - fitotema

 

Saiba mais sobre a campanha →considere os factos←

Anterior “Quads” en agricultura ¿herramienta útil o peligrosa?
Próximo 210.000 euros para combatir las plagas de avispilla y chancro en los castaños de León

Artigos relacionados

Últimas

Porbatata cria conselho técnico para apoio aos agricultores

[Fonte: Agricultura e Mar]
A Porbatata – Associação da Batata de Portugal, constituída em Setembro de 2016, criou um Conselho Técnico que permitirá dar apoio técnico, nomeadamente através da produção de informação que possa servir de base a possíveis respostas aos principais desafios que o sector da batata está […]

Nacional

Cerealto fecha 2016 com volume de negócios de 93 M€

[Fonte: Vida Rural]
A Cerealto registou um volume de negócios de 93 milhões de euros em 2016. No ano passado, a empresa atingiu uma produção de 71 000 toneladas e integrou um total de 300 novos colaboradores.
“Graças à confiança que os nossos clientes depositaram em nós e ao compromisso dos nossos profissionais, […]

Últimas

Casos de Trichinella confirmados em Trás-os-Montes. UTAD tem laboratório para despiste

[Fonte: Voz do Campo]

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) emitiu uma nota informativa relativa à deteção de Trichinella em javalis caçados em montarias nos concelhos da região de Trás-os-Montes, tendo determinado esta como área de risco, face “ao risco para a saúde humana decorrente do consumo de carne obtida de animais infetados” […]