Crise da batata frita esvazia prateleiras e inflaciona preços no Japão

Crise da batata frita esvazia prateleiras e inflaciona preços no Japão

[Fonte: Jornal económico]

A colheita de batatas na ilha de Hokkaido, no Japão, foi muito fraca o ano passado devido a tufões, forçando um dos maiores fabricantes de snacks do país – a Calbee –  a parar a produção de vários produtos alimentícios. Os supermercados nipónicos estão com as prateleiras vazias e os preços de alguns itens atingiram máximos históricos.

O que antes custava 1 euro, está a ser vendido por 13 euros, como escreve a Bloomberg.

“Estamos a fazer tudo o que pudemos para retomar as vendas novamente”, disse Rie Makuuchi, porta-voz da Calbee, à agência de notícias.

A empresa estava mesmo a ponderar importar batatas dos Estados Unidos, mas acabou por pedir aos agricultores de uma ilha de sul do país para fazerem a colheita de batatas mais cedo do que o previsto.

A agência de notícias considera mesmo que é uma situação de crise nacional. Algumas pessoas conseguiram comprar pacotes de batatas fritas ao preço normal, para vender na rua por sete vezes mais. Por esse motivo, os supermercados já restringiram a quantidade de pacotes por cliente. Para além da venda na rua, há pessoas que estão mesmo a leiloar batatas fritas no site da Yahoo Japão.

Comente este artigo

O artigo Crise da batata frita esvazia prateleiras e inflaciona preços no Japão foi publicado originalmente em Jornal económico

Anterior China and EU accept WTO ruling on poultry dispute
Próximo I Jornada sobre caza y cultura organizada por la Universidad de Sevilla

Artigos relacionados

Últimas

Portugal tem mais de um milhão de propriedades sem dono

[Fonte: Jornal De Negócios]

O Governo estima que existam mais de um milhão de propriedades sem dono, que podem ser integradas no banco de terras que está em preparação. O número foi dado esta quarta-feira, 22 de Fevereiro, pelo ministro da Agricultura, […]

Nacional

Câmara do Funchal vai renovar frota dos bombeiros sapadores

[Fonte: Jornal económico]

A Câmara do Funchal aprovou a abertura do procedimento para a aquisição de quatro viaturas para os Bombeiros Sapadores do Município.

A reunião da Câmara Municipal do Funchal aprovou a abertura do procedimento para a aquisição de quatro viaturas para a modernização da frota dos Bombeiros Sapadores do Município destinadas ao combate de incêndios urbanos e florestais. […]

Últimas

Reclaman una ampliación de la solicitudes de la PAC por la falta de garantías en los riegos en CyL

La Alianza UPA-COAG ya ha solicitado a la Consejería de Agricultura de la Junta de Castilla y León que proceda a realizar las gestiones necesarias para la autorización de una ampliación del plazo de solicitudes de la PAC hasta el 15 de mayo de 2017, inclusive, […]