Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 9 a 15 de Abril 2018

[Fonte: Agricultura e Mar]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações médias nacionais dos novilhos (-2 cêntimos / Kg) e novilhas (-3 cêntimos / Kg) de 12-18 meses cruzado de Charolês sofreram uma ligeira descida. Estabilidade dos novilhos/as de 12-18 meses de raça Turina.

No Entre Douro e Minho a oferta e a procura de bovinos foram médias e equilibradas. Mantêm-se as trocas com o mercado externo, nomeadamente com Espanha, registando-se principalmente a entrada de carne a preços inferiores e a saída de vacas. Estabilidade de cotações nas duas áreas de mercado, Entre Douro e Minho e Ribadouro.

Na Beira Litoral a oferta de bovinos foi muito fraca e a procura foi fraca nas três áreas de mercado, Aveiro, Coimbra e Viseu. As cotações mantiveram-se estáveis nas áreas de mercado de Coimbra e Aveiro. Em Viseu verificou-se uma subida das vitelas de 3 a 6 meses cruzado de Charolês (+50 EUR / Unidade na cotação +freq.), dos novilhos/as de 12 a 18 meses cruzado de Charolês (+10 cêntimos / Kg na cot. mín., em ambos os casos) e das vacas de abate cruzado de Charolês (+50 cêntimos / Kg na cot. mín.).

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta de bovinos foi relativamente abundante na área de mercado de Castelo Branco e média na Guarda e a procura foi média nas duas áreas de mercado. Completa estabilidade de cotações.

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de bovinos foram médias. Descida de cotações dos novilhos / as de 12 a 18 meses cruzado de Charolês (-10 cêntimos / Kg) e dos vitelões macho de 8 a 12 meses cruzado de Charolês (-30 EUR / Unidade).

No Alentejo a oferta e a procura de bovinos foram médias nas áreas de mercado do Alentejo Norte, Alentejo Litoral, Estremoz e Beja. Em Évora a oferta foi fraca e a procura animada e em Elvas a oferta foi média e a procura foi animada. Estabilidade generalizada de cotações, exceto em Beja, onde as novilhas de 12 a 18 meses cruzado de Charolês desceram -50 cêntimos / Kg na cotação +freq. e as vitelas de 6 a 8 meses cruzado de Charolês subiram +5 cêntimos / Kg.

A tendência da Bolsa do Bovino foi de manutenção das cotações em todas as categorias.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

O artigo Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 9 a 15 de Abril 2018 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Promotores concluíram com sucesso Oficina do Empreendedor
Próximo Nueva bajada de los precios de los cereales en los mercados mayoristas, salvo un maíz que sigue subiendo

Artigos relacionados

Nacional

Microsoft e Openlimits debatem a Indústria 4.0 em Coimbra

[Fonte: Voz do Campo]
A capacidade de adaptação das empresas aos desafios colocados pela quarta revolução industrial são cruciais para a sua sobrevivência. No entanto, 40% das empresas irá desaparecer até 2020 devido à incapacidade de se adaptarem à transformação digital. Na conferência “A 4ª […]

Últimas

Zorrinho defende prevenção e resposta a catástrofes naturais a nível europeu

[Fonte: Agricultura e Mar]
O eurodeputado socialista Carlos Zorrinho defendeu, no Parlamento Europeu, que deve ser criado um mecanismo de prevenção e resposta a catástrofes naturais, agravadas pelas alterações climáticas.
“A criação de um mecanismo europeu permanente e com recursos próprios de prevenção e resposta a catástrofes naturais permitirá […]

Nacional

Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 20 a 26 Fevereiro 2017

[Fonte: Agricultura e Mar]
Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
Ovinos
As cotações médias nacionais dos borregos analisados, de <12 Kg, de 22-28 Kg e de >28 Kg, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.
Na Beira Interior a oferta de borrego foi fraca na área de mercado de Castelo Branco e relativamente fraca na Guarda e na Cova da Beira; […]