Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 27 Novembro a 3 Dezembro 2017

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 27 Novembro a 3 Dezembro 2017

[Fonte: Agricultura e Mar - Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

As cotações médias nacionais do frango, vivo (de 1,8 Kg) e abatido (65% – de 1100 a 1300 g) e do peru, vivo (de 14 a 15 Kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 Kg) mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Na região Centro a oferta de frango foi relativamente abundante na área de mercado do Litoral Centro e média em Dão-Lafões; a procura foi relativamente animada no Litoral Centro e média em Dão-Lafões, tendo aumentado um pouco em relação à semana anterior. Estão a decorrer vendas de ovos para o mercado externo no Litoral Centro. No que se refere às cotações do frango, não se registaram quaisquer alterações, quer no que se refere ao vivo, quer ao abatido. Acréscimo da cot. máx. do frango do campo (+6 cêntimos / Kg) e estabilidade do peru abatido em Dão-Lafões. No que se refere às galinhas vivas, deu-se uma nova subida das pesadas em Dão-Lafões (+3 cêntimos / Kg).

Nas quatro últimas semanas não houve transações significativas de galinhas semipesadas em Dão-Lafões e esta semana também no Litoral Centro.

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta de frango foi relativamente fraca e a procura relativamente animada. Subida de cotações das galinhas vivas pesadas (+13 cêntimos / Kg), que se ficou a dever a um aumento da procura.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos, quer na produção (ovo a peso de 60-68 g), quer classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L, mantiveram-se novamente estáveis em relação à semana anterior.

Na região Centro a oferta de ovo foi abundante e a procura muito animada nas duas áreas de mercado analisadas, Dão-Lafões e Litoral Centro. A oferta está a aumentar gradualmente, sendo suficiente para satisfazer a procura interna, mas insuficiente no caso da procura externa. A falta de ovo no mercado europeu está a acarretar uma subida generalizada do preço dos ovos. No que se refere às cotações, apenas se registou um acréscimo significativo das cot. máx. do ovo a peso nas duas áreas, +25 cêntimos / Kg em Dão-Lafões e +22 cêntimos / Kg no Litoral Centro.

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de ovo foram médias, tendo a procura baixado em relação à semana anterior. Apesar do mercado europeu continuar deficitário em ovos, as cotações, quer do ovo na produção, quer dos ovos classificados, em cartão e ovotermo, não apresentaram quaisquer alterações.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 27 Novembro a 3 Dezembro 2017 foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações

Anterior Fogos de outubro contam para a candidatura ao Fundo de Solidariedade
Próximo El Consorcio del Jamón Serrano se suma al proceso de transformación digital del sector alimentario

Artigos relacionados

Dossiers

Cotações – Azeite – Informação Semanal – 4 a 10 Junho 2018

[Fonte: Agricultura e Mar – Cotações]

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
De acordo com as estatísticas do COI – Conselho Oleícola Internacional, nos últimos 25 anos o consumo mundial de azeite cresceu 49%. Na campanha 2017-2018 o consumo aumentou 8%, […]

Noticias Fitofarmacêuticos

Resíduos de pesticidas em produtos de origem vegetal: relatório de 2016

[Fonte: ffl revista]
Segundo o relatório “Controlo nacional de resíduos de pesticidas em produtos de origem vegetal no ano de 2016”, elaborado pela Direcção-geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), do total de 370 amostras analisadas em laboratório, 98,3% não apresentavam resíduos ou apresentavam em quantidades inferiores aos limites máximos de resíduos (LMR) definidos por lei. […]

Noticias PAC pos 2020

Si Mahoma no va a la montaña…: ASAJA Sevilla abre una ronda de contactos con las instituciones europeas sobre la PAC

[Fonte: Agroinformacion – PAC]
ASAJA Sevilla ha iniciado este lunes 25 una ronda de contactos de alto nivel con las instituciones europeas que tienen voz y voto en las decisiones que deben tomarse en los próximos meses para establecer el marco presupuestario para el periodo 2021-2027 y para fijar la política agraria común que aplicará […]