Contribuição dos Estados-membros para a nova PAC vai aumentar 1%

Contribuição dos Estados-membros para a nova PAC vai aumentar 1%

[Fonte: Agricultura e Mar]

A Comissão Europeia deverá apresentar a nova Política Agrícola Comum (PAC) “em Novembro”. E tudo indica que a saída do Reino Unido da UE leve a um aumento de 1% da contribuição dos Estados-membros para o orçamento da política agrícola.

O Comissário Europeu da Agricultura, Phil Hogan, que falava num encontro com jornalistas durante o Conselho informal de ministros na capital de Estónia deixou claro que o Brexit deixará “uma lacuna” no orçamento europeu “um buraco que há que preencher”. “Estamos conscientes de que se eles saírem, não darão mais dinheiro, a menos que desejam fazer parte de alguns programas”, disse o comissário, que lembrou que a contribuição total do Reino Unido para o orçamento europeu é de 12 mil milhões de euros por ano.

Acordo com UK em Dezembro

Phil Hogan espera que no próximo Conselho Europeu, em Dezembro, onde os chefes de Estado e de governo da UE se encontram, se “saberá mais sobre o acordo económico” com o Reino Unido. “Temos que encontrar um mecanismo para preencher essa lacuna se quisermos continuar com os programas existentes para os 27 Estados-membros que permanecerão”, na UE disse Hogan, que levantou a possibilidade de aumentar a contribuição dos países em 1%.

A agenda agrícola será também marcada pelas negociações do acordo comercial da UE com os países do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai), que se espera fechar antes do final do ano. Para atingir esse objectivo, Hogan espera que os dois blocos apresentem as suas condições de troca de bens em Outubro.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

Aceito a Política de Proteção de Dados e dou o respetivo Consentimento para a recolha e tratamento de dados pessoais.

O artigo Contribuição dos Estados-membros para a nova PAC vai aumentar 1% foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Montpellier recebe encontro internacionais da silvicultura mediterrânica
Próximo El melocotón español buscará este otoño cómo reestructurarse tras tocar fondo

Artigos relacionados

Nacional

Especialista alerta: Com a chegada da chuva, é urgente intervir nos terrenos afetados pelos incêndios

[Fonte: Jornal económico]

Um investigador da Universidade do Minho alertou para a “expectável a existência a torrentes lamacentas” nos terrenos afetados pelos incêndios do fim de semana devido à chuva prevista para os próximos dias, salientando a “urgência” de intervenções naqueles solos. […]

Nacional

Presença da Comunidade Intermunicipal de Viseu Dão Lafões na BTL superou expectativas

[Fonte: Gazeta Rural]

Viseu Dão Lafões marcou presença na maior feira de turismo do país – a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2017 –, que decorreu na FIL – Feira de Internacional de Lisboa, e, mais uma vez, […]

Internacional

ComEnvi adopts resolutions against GM maize and cotton imports

The EU Parliament environment committee (ComEnvi) has adopted two resolutions opposing plans from the EU Commission to authorise imports containing an herbicide resistant genetically modified (GM) maize and cotton.