CompetitiveSouthBerries mostra trabalho de inovação em morango e amora

CompetitiveSouthBerries mostra trabalho de inovação em morango e amora

[Fonte: Agricultura e Mar]

O projecto GO-CompetitiveSouthBerries vai realizar, no dia 20 de Maio, a 7.ª Acção de Demonstração com visita ao campo piloto da produção de morango tray, na Quinta da Moita Redonda — Campina Produção Agrícola  (Grupo Hubel) — e aos campos de demonstração da cultura da amora na tecnologia long-cane (Quinta do Patarinho – Beirabaga).

O objectivo desta acção é desenvolver e demonstrar tecnologias de produção inovadoras, assegurando a sustentabilidade dos sistemas e a valorização dos recursos genéticos endógenos.

O projecto GO-CompetitiveSouthBerries é liderado pelo INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e o COTHN – Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional.

A inscrição é gratuita mas obrigatória e deverá ser efectuada online aqui.

Mais informações e endereços aqui.

CompetitiveSouthBerries

O Grupo Operacional CompetitiveSouthBerries — Pequenos frutos competitivos e sustentáveis: técnicas culturais inovadoras para o alargamento da época de produção é liderado pelo INIAV e tem como prioridade a melhoria do desempenho económico de todas as explorações agrícolas e facilitação da sua reestruturação e modernização.

Segundo os promotores do projecto, a equipa científica “possui elevado conhecimento sobre as culturas/itinerários com trabalhos nacionais e internacionais publicados e projectos executados, com os parceiros desta iniciativa, assegurando um bom conhecimento da situação de partida para desenvolver a oportunidade que esta iniciativa se propõe a abordar”.

Objectivos visados

O objectivo principal desta parceria é inovar ao nível das tecnologias de produção para as culturas alvo, tirando partido da vantagem competitiva da região sul do país pelas suas excelentes condições edafoclimáticas, permitindo o alargamento da época de produção e consequentemente obtenção de produção para disponibilizar no mercado internacional com variedades de interesse (qualidade, produtividade e valorização de mercado).

Isto considerando cada uma das culturas alvo temos como objectivo específico:

a) Cultura da framboesa: optimização da técnica de produção com lançamentos pré tratados (indução floral e dormência) para obtenção de frutos de Fevereiro a Março. Avaliação da possibilidade de produzir no Norte de Portugal plantas long-cane para utilização no Sul;

b) Cultura do morango: desenvolvimento da tecnologia de produção com plantas tray, em cultura protegida sem solo, para produção de frutos entre Novembro e Março. Avaliar a possibilidade de obter uma segunda produção com a utilização de luz LED e/ou por manutenção das plantas em câmara frigorífica;

c) Cultura do mirtilo: desenvolvimento da produção de mirtilos em solo e substrato e com manipulação do ciclo produtivo tendo como objectivo a produção de frutos entre Março – maio (antecipada) e Setembro-Outubro (tardia) comparando duas regiões de produção;

d) Cultura da amora: optimização da técnica de produção com lançamentos pré-tratados (indução floral e dormência) com modelação das horas de frio e unidades de calor para a produção de frutos entre Março e Maio;

e) Espécies endémicas: introduzir em cultura os genótipos de interesse com base na qualidade do fruto e da produção tendo em vista os mercados de exportação;

f) Desconhecendo-se o impacto destas tecnologias na ocorrência das pragas e doenças, é necessário o acompanhamento das mesmas para uma eficaz e atempada actuação.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo CompetitiveSouthBerries mostra trabalho de inovação em morango e amora foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Oficina Técnica de Mecanização
Próximo Estratégias de controlo do aranhiço vermelho em fruticultura em Seminário

Artigos relacionados

Notícias cadeia alimentar

Jerónimo Martins reforça a aposta no setor agroalimentar

[Fonte: DN]
António Serrano, ex-ministro da Agricultura, é o CEO da Jerónimo Martins Agroalimentar, empresa que acaba de comprar uma herdade no Alentejo para engorda de bovinos da raça Angus.
Dona do Pingo Doce comprou herdade no Alentejo para produção de carne, e arranca com nova fábrica de laticínios em maio. […]

Nacional

Governo dos Açores já pagou 700 mil euros a 300 agricultores afetados pela seca de 2018

[Fonte: Açoriano Oriental]

O secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte anunciou esta quinta-feira, na ilha Terceira, que já foram pagos 700 mil euros a 300 agricultores afetados pela seca verificada em 2018 e que provocou prejuízos na produção das culturas de milho forrageiro, […]

Últimas

Governo desvaloriza ‘polémica’ em relação à redução de bovinos

[Fonte: Vida Rural]

Em dezembro de 2018, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente, deu uma entrevista ao jornal Público em que defendia a necessidade de redução da produção de bovinos entre 25% a 50% para atingir a neutralidade carbónica em 2050. […]