Capoulas apresenta regime simplificado de ajuda aos agricultores afectados pelos incêndios

Capoulas apresenta regime simplificado de ajuda aos agricultores afectados pelos incêndios

[Fonte: Agricultura e Mar]

O Governo vai atribuir novas ajudas aos agricultores afectados pelos incêndios de 15 Outubro. O anúncio é feito pelo ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos. Trata-se de uma nova medida destinada a cobrir a 100% os prejuízos que se situem entre os 1.054 e os 5.000 euros, abrangendo animais, plantações plurianuais, máquinas, equipamentos, armazéns e outras construções de apoio à actividade agrícola que tenham sido perdidos nos incêndios.

Financiada pelo orçamento do Ministério da Agricultura, esta medida deverá “beneficiar milhares de pequenos agricultores através de um regime simplificado de candidatura, cujos formulários estarão disponíveis a partir da próxima segunda-feira nos sites das Direcções Regionais de Agricultura e Pescas das Regiões Norte e Centro”, revela uma nota do Gabinete de Capoulas Santos.

Candidaturas abertas até fim de Novembro

O objectivo do Ministro da Agricultura é desencadear um mecanismo de acção rápida que permita apoiar os agricultores num curto espaço de tempo. Por esse motivo, as candidaturas estarão abertas até ao final de Novembro, devendo ser validadas até 8 de Dezembro pelos serviços do Ministério, em articulação com as autarquias locais.

Neste processo, o Ministério considera “imprescindível a colaboração das organizações de agricultores e das associações que os representam, bem como das autarquias locais, por forma a que o processo esteja concluído antes do final do ano. Isto é, os pagamentos deverão ser efectuados até 31 de Dezembro de 2017“.

Em vigor já estão outras medidas de apoio, designadamente um regime simplificado para prejuízos até 1.053 euros, que é suportado pelo orçamento do Ministério do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social. Estão igualmente abertas candidaturas a outras medidas no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural PDR 2020, destinadas a conceder apoios aos agricultores que sofreram prejuízos que podem atingir montantes na ordem das centenas de milhares de euros. Os apoios correspondem a 85% do valor elegível até aos 50 mil euros, e a 50% do valor elegível até um limite máximo de 400 mil euros, acrescenta a mesma nota do Ministério da Agricultura.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

Aceito a Política de Proteção de Dados e dou o respetivo Consentimento para a recolha e tratamento de dados pessoais.

O artigo Capoulas apresenta regime simplificado de ajuda aos agricultores afectados pelos incêndios foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior A. Cañete: La próxima PAC debería incentivar a los agricultores que reduzcan las emisiones
Próximo Programa del 18 de noviembre del 2017

Artigos relacionados

Últimas

Protestos saíram à rua pelas vítimas e a floresta. “Isto é o país a acordar”

[Fonte: Público]

Fotogaleria
No Terreiro do Paço, em Lisboa, os manifestantes exigiam “justiça” pelas vítimas e novas políticas florestais Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Foram cerca de mil as pessoas que se juntaram este sábado em Lisboa Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Em Lisboa, […]

Nacional

Em Alcanena a preocupação com a floresta não é de agora

[Fonte: O Ribatejo]

[embedded content]O ministro da Ciência e do Ensino Superior, Manuel Heitor, escolheu o concelho de Alcanena, no distrito de Santarém, para participar numa ação de sensibilização para a limpeza da floresta, uma visita integrada na ação nacional do Governo para esta área. […]

Nacional

Quase dois mil hectares perdidos em Penela


O incêndio que atingiu vários concelhos da região Centro na semana passada queimou cerca de 1.800 hectares de floresta no município de Penela, distrito de Coimbra, disse hoje o presidente da Câmara.
“Atingiu uma mancha florestal muito grande, sensivelmente 1.800 hectares de área ardida. […]