Cafôfo quer combater desertificação dos concelhos do norte da Madeira

Cafôfo quer combater desertificação dos concelhos do norte da Madeira

[Fonte: O Jornal Económico]

O combate à desertificação dos concelhos do norte da Madeira é um dos compromissos assumidos por Paulo Cafôfo, candidato do PS Madeira ao Governo Regional. Entre as medidas contempladas neste plano está a criação de incentivos para a fixação de jovens e famílias nestas zonas, a promoção do empreendedorismo, a captação de criação de emprego e a descentralização de serviços públicos.

O candidato socialista que criar Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC) no norte da região, de modo a servir as populações de São Vicente, Porto Moniz e Santana.

Para a zona norte está também incluído nos programa dos socialistas o reforço das competências dos Centros de Saúde, o Estatuto de Pequena Agricultura Familiar e medidas de repovoamento, políticas de reequilíbrio territorial, de discriminação positiva e de legislação específica para zonas mais vulneráveis.

Cafôfo sublinha que a implementação de medidas de discriminação positiva são importantes de modo a providenciar a todos “a mesma igualdade de acesso a oportunidades” com o intuito de se atingir uma vida condigna independentemente da zona onde se habita.

O artigo foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Comente este artigo
Anterior Governo e CDS em guerra de números nos apoios à agricultura
Próximo The Navigator Company marca presença na FigueiraSea

Artigos relacionados

Últimas

OE2019: Despesa do Ministério da Agricultura sobe 15,8% para 1.217,9 ME

[Fonte: 24 Sapo]
O Ministério da Agricultura terá 1.217,9 milhões de euros para gastar em 2019, o que representa um aumento de 15,8% em relação à estimativa de 2018, […]

Últimas

Vasco Cordeiro pede que setor do leite se entenda

O Açoriano Oriental desta quinta-feira destaca as declarações do Presidente do Governo no Conselho Regional da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

Na capa, […]

Últimas

Estudo revela que os pequenos predadores são mais sensíveis a perda de habitats

Os resultados do estudo foram publicados na revista Functional Ecology, da Sociedade Ecológica Britânica. Os autores estudaram o impacto em diferentes grupos de animais de atividade humana como a criação de terrenos para agricultura e pecuária ou a construção de zonas de habitação. […]