Beja vence Prémio de Boas Práticas de Voluntariado com projecto florestal

Beja vence Prémio de Boas Práticas de Voluntariado com projecto florestal

[Fonte: Agricultura e Mar]

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) atribuiu ontem, 5 de Dezembro, ao Município de Beja o Prémio Boas Práticas de Voluntariado Jovem, numa sessão que decorreu no Centro de Ciência do Café em Campo Maior.

O Projecto de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas “Urban Forestry” foi reconhecido pelo excelente exemplo de boas práticas, uma vez que conjuga as vertentes ambiental, defesa da floresta, limpeza das matas municipais e prevenção de incêndios.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja recebeu este prémio que enaltece o trabalho do Município no âmbito do Programa de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas 2018, onde 13 jovens voluntários patrulharam matas da cidade de Beja de 1 de Julho a 15 de Outubro.

Prémio de 500 euros

O prémio monetário, no valor de 500€, será reinvestido na compra de 2 bicicletas que ficarão afectas a este projecto onde os voluntários vigiam as matas da cidade, procedem a acções de limpeza e conservação dos espaços florestais, sensibilizam os utentes para o flagelo dos incêndios e sinalizam áreas de risco.

Nesta Sessão Nacional de entrega dos Prémios do Associativismo Juvenil, Estudantil e Voluntariado foram apresentados projectos de referência em Portugal.

Além dos jovens premiados de todo o País e colaboradores do IPDJ, estiveram presentes a vogal do conselho directivo do IPDJ, Silvia Vermelho, o director regional do Alentejo do IPDJ, Miguel Rasquinho, o Comendador Rui Nabeiro e o secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

Aceito a Política de Proteção de Dados e dou o respetivo Consentimento para a recolha e tratamento de dados pessoais.

O artigo Beja vence Prémio de Boas Práticas de Voluntariado com projecto florestal foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Seminário no Iniav sobre embalagens activas e inteligentes
Próximo Reforma da floresta não teve em conta "lições dos incêndios"

Artigos relacionados

Sugeridas

Pagamentos Julho 2017

No dia 31 de julho de 2017, conforme procedimento habitual, o IFAP irá proceder a pagamentos num montante total de cerca de 46,9 milhões de euros.

Nacional

Plataforma Alentejo reúne com Comissões Parlamentares da Assembleia da República

[Fonte: Gazeta Rural]

Na sequência das diligências que vem efectuando junto das instituições uma Delegação do Secretariado da Plataforma Alentejo reuniu no passado dia 4.12.2018 com a Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar da Assembleia da República e irá […]

Últimas

Ministério da Agricultura ajuda no levantamento de prejuízos em Pedrógão Grande a partir de segunda-feira

Pedrógão Grande, Leiria, 24 jun (Lusa) — Técnicos do Ministério da Agricultura deslocam-se na segunda-feira e na terça-feira a Pedrógão Grande para colaborarem no preenchimento da ficha de levantamento dos prejuízos de incêndios em explorações agrícolas e pecuárias, foi hoje anunciado.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_5 span,#wpdevar_comment_5 iframe{width:100% !important;} […]