Barragem do Caia. Já há água para as culturas Primavera/Verão

Barragem do Caia. Já há água para as culturas Primavera/Verão

[Fonte: Rádio Renascença]

São boas notícias para os agricultores. Depois das chuvas de março e abril, e repostas as reservas hídricas, a Associação de Regantes e Beneficiários do Caia confirma que estão asseguradas as culturas de Primavera/Verão dentro do perímetro de rega da barragem do Caia.

“Depois desta pluviosidade que foi bem-vinda, estamos com 48,7% da capacidade total útil, o que dá um somatório de cerca de 92 milhões de metros cúbicos”, certifica Aristides Chinita.

Valores que confirmam a realização, sublinha, de “uma campanha de rega com distribuição a todos os utentes que necessitem dela dentro do perímetro do Caia”.

Por causa da seca, em fevereiro, a barragem, que abastece os concelhos de Elvas, Campo Maior, Arronches e Monforte, estava a 19% da sua inteira capacidade.

“Esta pluviosidade veio muito concentrada e em pouco tempo”, mas, atesta o responsável da associação de regantes, “veio dar-nos este descanso e temos uma quota de armazenamento que garante a rega das nossas culturas e evitando prejuízos nos investimentos feitos”.

Em 2017, a campanha de rega no perímetro do Caia chegou ao fim, em outubro, um mês antes do normal. A falta de chuva levou a que não fosse fornecida água às culturas de outono/inverno.

Comente este artigo

O artigo Barragem do Caia. Já há água para as culturas Primavera/Verão foi publicado originalmente em Rádio Renascença

Anterior El MAPAMA promociona los seguros agrarios con cargo ya en el presupuesto de 2018
Próximo Agricultura emprega 77 mil portugueses.

Artigos relacionados

Últimas

Agricultura inteligente – “Big Data”

[Fonte: Voz do Campo]

José Rafael Marques da Silva

À medida que os equipamentos e sensores inteligentes invadem as empresas agrícolas, o volume de dados cresce em quantidade e em género, levando a que a atividade agronómica passe a ser cada vez mais dependente de informação intensiva. […]

Últimas

PRIO disponibiliza 7.500 euros para apoio aos bombeiros portugueses

[Fonte: Jornal económico]

A PRIO, produtora e distribuidora de combustíveis, decidiu esta manhã prestar uma ajuda urgente às diversas corporações de bombeiros nos combates aos incêndios que têm estado ativos nas últimas horas em Portugal.
“Para dar corpo a esta iniciativa, […]

Últimas

Autoridades da Galiza indicam que 16 povoações correm risco de incêncio

Dezasseis pontos da região espanhola da Galiza enfrentam esta manhã “risco real para povoações” devido aos incêndios florestais, com principais focos em Friol, Monforte de Lemos e Pantón, em Lugo.

Comente este artigo […]