Albuquerque promete reforço e revisão da carreira para Guardas Florestais

Albuquerque promete reforço e revisão da carreira para Guardas Florestais

[Fonte: O Jornal Económico]

O Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, prometeu hoje abrir ainda este ano 10 vagas para a carreira de Especial de Guarda Florestal e mais 10 para os Sapadores Florestais. As promessas do governante não ficam por aqui: em 2020 vai ser aprovado o estatuto e a revisão da carreira de Especial de Guarda Florestal.

O Corpo de Polícias Florestais da Madeira faz 106 anos e o Presidente do Governo madeirense lembra que esta polícia mantém-se na Região, depois de ser extinta, em 2005, no Continente.

Nas comemorações do aniversário, Miguel Albuquerque faz questão de agradecer em nome da Região Autónoma da Madeira e da sua população o trabalho do passado, do presente e do futuro. Agradece a salvaguarda ambiental e do património natural da RAM.

“O legado desta polícia é por isso um legado de honra, de trabalho, de determinação na preservação, prevenção e salvaguarda daquele que é um património natural essencial, em termos nacionais, regionais e europeus e que temos o imperativo ético de legar às novas gerações”, sublinha o Presidente da Madeira.

Diz ainda que apesar de ser um trabalho muitas vezes pouco conhecido, solitário e em condições adversas “é digno de ser louvado e é digno de ser conhecido”, pois “não é guarda florestal quem quer, mas quem nasceu com amor à natureza e à profissão”.

A polícia florestal “sofreu em boa hora, por parte do Governo, aquilo que eram mudanças importantes e imprescindíveis”, afirma Albuquerque, seja na renovação dos 11 postos florestais, “com todos os postos de operacionalidade, de funcionamento e de conforto”, seja na renovação das torres de vigilância, “que é algo importantíssimo para o combate e para a prevenção dos incêndios e das ignições”, e na atribuição de novos equipamentos.

Quanto às carreiras, o Presidente do Governo Regional sublinha a aprovação, no ano passado, do regulamento do horário de trabalho com o suplemento remuneratório.

Para terminar a intervenção, Miguel Albuquerque deixa também um agradecimento aos homens deste corpo florestal que já se reformaram e às famílias dos polícias florestais.

Comente este artigo

O artigo Albuquerque promete reforço e revisão da carreira para Guardas Florestais foi publicado originalmente em O Jornal Económico.

Anterior Cerca de 80% das árvores plantadas em zonas de incêndio morreram
Próximo Governo promete fiscalizar limpeza de terrenos a partir do final de março

Artigos relacionados

Últimas

Potencialidades produtivas de variedades de mirtilo na região de Viseu

[Fonte: Voz do Campo]

A cultura do mirtilo (Vaccinium corymbosum) entrou em Portugal no início dos anos noventa, pela mão dos holandeses. Contudo, só 20 anos mais tarde assumiu uma importância considerável, a nível nacional.No sentido de encontrar respostas para as questões técnicas que uma nova cultura iria despoletar, […]

Últimas

Mais de 250 operacionais e seis meios aéreos combatem fogo em Ourique

[Fonte: Rádio Renascença]

O incêndio florestal que deflagrou esta segunda-feira à tarde no concelho de Ourique, distrito de Beja, tinha ainda três frentes ativas, cerca das 18h30 e mobilizava mais de 250 operacionais e seis meios aéreos, disse fonte da Proteção Civil. […]

Sugeridas

Pedido único 2017 – apresentação de candidaturas

[Fonte: IFAP]

O período de apresentação das candidaturas ao Pedido Único (PU), para o ano de 2017, decorrerá entre 1 de março e 15 de maio. A candidatura ao PU 2017 poderá ser efetuada diretamente pelo Beneficiário na Área Reservada do Portal do IFAP, […]