AKI entra na “luta biológica” e vende insectos para protecção de hortas e jardins

AKI entra na “luta biológica” e vende insectos para protecção de hortas e jardins

[Fonte: Agricultura e Mar]

O AKI passou a comercializar em loja produtos para luta biológica. Trata-se de uma alternativa natural para protecção de jardins e hortas sem se recorrer ao uso de produtos químicos, respeitando e preservando a biodiversidade das culturas e do solo. A empresa garante que é a primeira do sector da grande distribuição em Portugal a vender este tipo de produtos.

“A luta bio consiste no controle ou destruição de parasitas ou pragas através do uso dos seus predadores naturais, os denominados insectos auxiliares. O AKI tem agora disponível em loja vários tipos de insectos auxiliares, sejam joaninhas, crisopídeos ou nemátodos, de diferentes espécies para controlar e combater pragas específicas. Além disto, tem ainda disponíveis abrigos para que estes bichos se possam desenvolver, proteger e se manter perto das zonas que preservam”, afirma um comunicado da empresa.

Para o responsável de comunicação institucional do AKI, Pedro Morais Barbosa, “esta é uma novidade que muito nos orgulha e que se enquadra a 100% na nossa estratégia de negócio e de responsabilidade ambiental. São produtos que vêm inovar e democratizar o mercado da agricultura biológica, sendo este um nicho no qual queremos apostar. Queremos que deixe de ser algo de especialistas. Queremos que passe a ser ‘fácil de fazer’ para qualquer um que tenha esse projecto”.

Uma nova gama de produtos

Disponível no departamento de jardim, a gama de produtos luta bio está à venda durante todo o ano, bem como outros produtos biológicos como sementes, adubos e substratos biológicos e outros tratamentos anti-pragas sem recurso a insectos.

Segundo a empresa, o uso deste tipo de insectos auxiliares como predadores naturais tem vantagens concretas. Além de não poluir o meio ambiente e de não existirem riscos de sobre-dosagem, “consegue-se destruir um parasita sem matar outros insectos necessários para a biodiversidade da cultura”.

A luta Bio é “muito eficaz desde que os insectos auxiliares sejam cuidados, isto é, que se proporcione ambientes em que se possam desenvolver e manter perto das zonas a preservar com a utilização de produtos adicionais, como sejam as plantações floridas ou abrigos”, salienta a mesma fonte.

Insectos auxiliares disponíveis

Para iniciar a luta bio, basta comprar o pack pré-pago dos insectos auxiliares necessários e efectuar a encomenda online com o código de registo detalhado na embalagem (ou enviar o cupão preenchido por correio). O produto será depois entregue directamente na morada indicada.

Os insectos auxiliares disponíveis são:

– Joaninhas – grande devoradora de pulgões;

– Joaninhas de 2 pontos (adália bipunctada) – conseguem combater estas pragas em plantas altas – árvores e arbustos com mais de 1,5 m (disponíveis em ovos, larva ou adulto);

– Joaninhas de 7 pontos (coccinela septempunctata) – combatem estas pragas em plantas baixas: plantas de varanda, roseiras, loureiros de pequeno porte, leguminosas de horta, etc. (disponíveis em ovos ou adulto);

– Crisopídeo – combate pragas de pulgões, aranhas vermelhas, cochonilhas, larvas (insectos disponíveis em ovos ou larvas na fase 1, 2 ou 3);

– Nemátodos – diferentes espécies que combatem pragas diferentes tais como Lesmas, Pragas da horta, Lagartas brancas, Moscas sciaridae, Formigas, Lagartas da maça, da pêra e da noz, Borboleta, Traça do buxo, entre outras (11 espécies de vermes microscópicos invisíveis a olho nu).

Pode consultar toda a informação sobre os insectos disponíveis aqui.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

Receba este artigo na Newsletter do Agroportal

O artigo AKI entra na “luta biológica” e vende insectos para protecção de hortas e jardins foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Conferência da IACA - “Preparar a Fileira Animal para os Desafios da Sociedade - 6 de Abril 2017
Próximo Jornadas Técnicas do Olival e Amendoal - 6 de Abril 2017- Mirandela

Artigos relacionados

Últimas

Sabe quem são os 33 finalistas do Food & Nutrition Awards?

[Fonte: Agricultura e Mar]
Os vencedores da 8ª Edição do Food & Nutrition Awards (FNA) vão ser conhecidos no próximo dia 16 de Outubro. Mas os 33 finalistas escolhidos pelo júri, entre as mais de 80 candidaturas são já conhecidos. Foram distinguidos vários produtos e iniciativas pela inovação e promoção de práticas alimentares saudáveis nas categorias Produto Inovação, […]

Últimas

Quinta do Crasto: procura de quartos é três vezes superior à oferta

[Fonte: Jornal económico]

Numa série de entrevistas efetuadas pelo Jornal Económico a responsáveis de algumas das quintas ou herdades que em Portugal mais destaque dão à atividade do enoturismo, damos hoje voz a Tomás Roquette, administrador da Quinta do Crasto, um dos mais prestigiados ‘terroirs’ […]

Nacional

Carne de porco 100% nacional vai percorrer o país

[Fonte: Vida Rural]
Depois do lançamento de uma marca de certificação da carne de suíno 100% portuguesa – a Porco PT -, a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS)  vai percorrer o país para apresentar o projeto aos vários agentes económicos ligados ao setor. […]