Acção de demonstração do projecto MaisSolo

Acção de demonstração do projecto MaisSolo

[Fonte: ffl revista]

Na manhã do dia 20 de Fevereiro, realiza-se na Golegã uma acção de demonstração sobre o projecto MaisSolo, que tem como objectivo principal a «melhoria da gestão dos sistemas agrícolas e florestais». O evento terá lugar nas instalações da Agrotejo, situadas no Largo da Imaculada Conceição.

O grupo operacional MaisSolo decorre no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 (PDR 2020). Teve início a 2 de Janeiro de 2017 e termina a 20 de Junho de 2020.

Este projecto tem como foco os «difíceis problemas fitossanitários» existentes nos sistemas agrícolas que assentam em monocultura para fins industriais, com o eventual agravamento pela retirada de substâncias activas do mercado. Assim, no MaisSolo «pretende-se desenvolver e aplicar tecnologias alternativas à luta química, nomeadamente desenvolver um novo produto, que será utilizado nas culturas de cobertura ou em sucessão, constituído por misturas de sementes inoculadas com microorganismos benéficos e associado a tecnologias a desenvolver como a biofumigação, plantas developer e luta biológica». «Estas técnicas permitirão retirar tratamentos muito tóxicos, com consequente estabelecimento de espécies de microrganismos que, quando presentes no ambiente rizosférico, protegem as plantas do ataque dos agentes patogénicos.»

O grupo operacional criado para este efeito integra a Escola Superior de Agricultura de Santarém (ESAS) do Instituto Politécnico de Santarém, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (Iniav), a Agromais, a Torriba, o Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (Cothn), a Sociedade Agrícola da Herdade das Malhadinhas, a Sociedade Agrícola São João de Brito e a Fertiprado. Pode obter mais informações sobre o evento aqui.

Comente este artigo

O artigo Acção de demonstração do projecto MaisSolo foi publicado originalmente em ffl revista

Anterior BE faz 14 recomendações ao Governo para desenvolver fileira da castanha
Próximo Enfado y rechazo al aumento del 123% de la cuota de los viticultores al Consejo de Ribera del Duero

Artigos relacionados

Nacional

Magos Irrigation Systems, patrocinadora AgroGlobal, mostra novas soluções para sistemas de rega

[Fonte: Agricultura e Mar]

A Magos Irrigation Systems é patrocinadora da 6ª edição da AgroGlobal – Feira das Grandes Culturas, que se realiza de 5 a 7 de Setembro de 2018, em Valada do Ribatejo. A empresa juntou-se mais uma vez à […]

Nacional

Alqueva cresce a partir de 2018 com investimento de 210 milhões de euros

[Fonte: Jornal económico]

O projeto Alqueva “foi dado como encerrado na sua atual dimensão de 120 mil hectares pelo Governo anterior” do PSD/CDS-PP, mas o atual Executivo PS vai ampliá-lo em mais 49.427 hectares, afirmou Luís Capoulas Santos, em entrevista à […]

Últimas

Lezírias. A maior quinta do país troca de líder amanhã

Os 18 mil hectares da Companhia das Lezírias vão ser geridos, a partir de amanhã, pelo professor da Universidade de Évora, António de Sousa, que sucede a António Saraiva. […]