50 anos sobre o grande sismo de 1969

50 anos sobre o grande sismo de 1969

[Fonte: IPMA]

50 anos sobre o grande sismo de 1969

teste2019-02-26 (IPMA)

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o Instituto Superior Técnico, a Faculdade de Ciências e o laboratório associado Instituto Dom Luiz estão a lançar um inquérito macrosísmico nacional por ocasião dos 50 anos sobre o grande sismo de 1969.

Este é o sismo de maior magnitude sentido na Europa desde o grande terramoto de Lisboa de 1755. Ocorreu na madrugada de 28 de fevereiro de 1969 tendo gerado alarme e pânico entre a população, cortes nas telecomunicações e no fornecimento de energia elétrica. Para além do continente português, foi sentido na Madeira, Espanha, Marrocos e França, com registo de vítimas mortais em Portugal e Marrocos, tendo ainda sido gerado um pequeno tsunami registado instrumentalmente.

O sismo ocorreu numa época em que a instrumentação sísmica não estava ainda suficientemente desenvolvida, sendo fundamental complementar os poucos registos instrumentais de então com os testemunhos da população afetada. Neste momento, as tecnologias de comunicação permitem uma recolha de dados muito mais alargada do que a que foi possível naquele tempo. E, por motivos facilmente compreensíveis, não haverá no futuro outra ocasião com este significado e com real possibilidade de se salvaguardar esta memória. É por isso agora o momento certo para realizar um inquérito macrosísmico sobre os efeitos deste sismo tão importante.

O inquérito pode ser acedido em http://sismo1969.ipma.pt.

Siga-nos no:

Comente este artigo

O artigo 50 anos sobre o grande sismo de 1969 foi publicado originalmente em IPMA

Veja a previsão do tempo e oportunidade para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta 

Anterior Estudo conclui que o glifosato aumenta em 41% o risco de cancro
Próximo “O momento é agora”

Artigos relacionados

Notícias PAC pós 2020

España ante la futura PAC: Habrá retraso pero los cambios deben adaptarse desde este mismo año

[Fonte: Agroinformacion – PAC]
El secretario general de Agricultura y Alimentación del Ministerio de Agricultura, Fernando Miranda, ha asegurado que hasta 2022 ó 2023 no será efectiva la nueva PAC, ha subrayado que durante este tiempo no se van a interrumpir los pagos a los agricultores y ganaderos, […]

Dossiers

A reforma da PAC pós-2020 – Francisco Avillez

Conhecida a posição da Comissão de Agricultura do Parlamento Europeu em relação às propostas da CE para a reforma da PAC pós 2020, parece-nos justificar-se um ponto de situação sobre esta problemática. […]

Cotações ES

Las patatas disparan su precio más del 244% en La Rioja

[Fonte: Agropopular – Cotações]

El sector ha retomado el impulso alcista que domina desde el comienzo de esta campaña y que se afianza con la constatación de unas existencias muy cortas en las principales zonas productoras, tanto para la industria como para su destino a fresco. […]