4 novos sistemas detectores de raios para a Madeira

4 novos sistemas detectores de raios para a Madeira

4 novos sistemas detectores de raios para a Madeira

Madeira2019-06-14 (IPMA)

A operação consiste na instalação de 4 detetores de raios LS7002 (Santa/Porto Moniz, Santana, Porto Santo e Selvagens) e sistemas de processamento, arquivo e visualização de raios no Observatório Meteorológico do Funchal e nos Centros Meteorológicos dos Aeroportos da Madeira e de Porto Santo.

Designação da Operação: Rede de Detetores de Trovoadas no Arquipélago da Madeira

Código da Operação: POSEUR-02-1708-FC-000036
Eixo Prioritário: Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos
Objetivo Principal: Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos
Região de Intervenção: Região Autónoma da Madeira
Entidade Beneficiária: Instituto Português do Mar e da Atmosfera, I.P.
Custo Total Elegível: 383.687,04 €
Apoio Financeiro da União Europeia (FC): 287.765,28 €
Apoio Financeiro Público Nacional: 95.921,76 €
Descrição e Objetivos do projeto:

O conjunto dos 4 detetores funcionarão em rede e permitirão avaliar em tempo real, a intensidade e polaridade dos raios através da medição da radiação eletromagnética emitida pelos raios. Recorrendo a métodos de triangulação será possível obter, com boa precisão, a localização do impacto dos raios, no solo.

A eficiência da deteção, num raio da ordem dos 200 km, em torno da Madeira será da ordem de 95% e a precisão da localização dos raios, inferior a 100 m. A rede da RAM, funcionará em conjunto com a rede do Continente, também em fase de reforço e atualização, no âmbito da Operação POSEUR-02-1708-FC-000035 – “Sistemas de previsão, alerta e resposta do clima no Continente’.

A informação, gerada por esta rede de detetores de raios, permitirá conhecer a distribuição geográfica, a evolução dos raios e o conhecimento das condições meteorológicas, em regra adversas, associadas aos padrões dos raios.

Assim, em conjunto com o Radar de Porto Santo, instalado em 2017 no âmbito do Projeto POSEUR-02-17-08-000001, o IPMA passará a ter os mais modernos meios de observação remota na Região Autónoma da Madeira, os quais, certamente, contribuirão para melhorar a vigilância e a previsão meteorológica a muito curto prazo e, consequentemente, a segurança de pessoas e bens.

A atualização do sistema de radiossondagem no Observatório Meteorológico do Funchal, também prevista na presente Operação, será executada durante o mês de julho de 2019. A conclusão física da operação está prevista para finais de outubro do corrente ano.

Imagens associadas

  • Cofinanciamento POSEUR
    Cofinanciamento POSEUR
  • Detetores Trovoada
    Detetores Trovoada

O artigo foi publicado originalmente em IPMA.

Veja a previsão do tempo e a melhor altura para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta.

Comente este artigo
Anterior Workshops sobre o Figo da Índia - 16 de junho - Arraiolos
Próximo Jornadas de apresentação da Rede Ibérica para a Transferência do Conhecimento e a Inovação no Montado - 17 de junho - Beja

Artigos relacionados

Notícias meteorologia

IPMA lidera área de incêndios em projeto europeu

IPMA lidera área de incêndios em projeto europeu
2019-02-13 (IPMA)
Entre os dias 21 e 23 de janeiro de 2019 o IPMA participou num workshop no Centro Europeu de Previsão Médio Prazo (ECMWF) no âmbito do projeto ARISTOTLE e na qualidade de líder da área de incêndios florestais. […]

Últimas

Previsão de longo prazo – 11 nov. a 08 dez. 2019

Precipitação total e temperatura média semanal com valores abaixo do normal […]

Últimas

Radiografia de um monstro – Lorenzo

– Radiografia a um monstro –
Com a tecnologia que dispomos hoje em dia conseguimos tirar “radiografias” aos ciclones para entender melhor a sua estrutura interna e assim perceber como irão evoluir. […]