Candidaturas para Acreditação de Entidades Vale Indústria 4.0 podem ser feitas até 31 de Março

Candidaturas para Acreditação de Entidades Vale Indústria 4.0 podem ser feitas até 31 de Março

[Fonte: Agricultura e Mar]

O prazo para submissão de candidaturas ao Processo de Acreditação de Entidades para Prestação de Serviços de Inovação – Projecto Simplificado ‘Vale Indústria 4.0’ (Aviso N.º1/SI/2017), está a decorrer até 31 de Março.

No âmbito do Vale Indústria 4.0 o incentivo máximo que pode ser concedido a cada Vale é de 7.500 euros.

O RECI – Regulamento Específico do Domínio da Competitividade e Internacionalização veio estabelecer um mecanismo de acreditação das entidades prestadoras de serviços no âmbito dos “Vales”, enquanto instrumento de transparência e promoção da qualidade do serviço prestado. O RECI estabelece ainda que o processo de acreditação é aberto e contínuo, permitindo uma total concorrência entre os potenciais prestadores de serviços.

Sistema de registo único

A acreditação é efectuada num sistema de registo único, com regras comuns para todos os Programas Operacionais envolvidos no financiamento dos projectos simplificados “Vales”, no qual se indicam as áreas para as quais as entidades dispõem de competências próprias, não sendo admitida a sub-contratação.

Os serviços que as entidades acreditadas possam vir a prestar às empresas beneficiárias dos projectos simplificados “Vales” não podem corresponder a actividades recorrentes e devem contribuir para a resolução efectiva de determinado problema identificado de forma clara, objectiva e prática.

A medida Vale Indústria 4.0, está enquadrada na modalidade Vale Inovação da tipologia Qualificação das PME do Sistema de Incentivos do Portugal 2020.

Mais informação aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo Candidaturas para Acreditação de Entidades Vale Indústria 4.0 podem ser feitas até 31 de Março foi publicado originalmente em Agricultura e Mar

Anterior Sima Innovation Awards 2017 Horsch Leeb LT AutoSelect adapte la hauteur de rampe au profil de buse
Próximo Taller de trabajo de FADEMUR sobre La economía social y su participación en el desarrollo rural

Artigos relacionados

Nacional

Pequenos ‘drones’ podem vir a ser agentes polinizadores

[Fonte: Dinheiro Vivo – empresas]
Pequenos ‘drones’ do tamanho de insetos revestidos com crina de cavalo e um gel pegajoso podem um dia ajudar a polinizar plantações e compensar a diminuição de abelhas a nível mundial, segundo um estudo japonês publicado hoje. […]

Últimas

Agricultura perde 24 mil empregos em contraciclo com retoma do mercado de trabalho

[Fonte: Jornal De Negócios]
O sector da agricultura perdeu quase 10% no número de empregos em 2016, o que acontece em contraciclo com retoma do mercado de trabalho que, no conjunta da economia, permitiu acrescentar 56,5 mil empregos.
Notícia na íntegra no Jornal de Negócios. […]

Nacional

Marcelo: “Este é o momento para pensarmos em termos estruturais”

[Fonte: Jornal de Negócios]
Aprovado que foi o Orçamento do Estado de 2017, e estabilizado o país em termos políticos e sociais, é tempo de olhar para o país em termos estruturais, defendeu Marcelo Rebelo de Sousa. Até porque a troika está no país outra vez. […]